Unisinos Porto Alegre sedia programação do Girls Rock Camp

Iniciativa possibilita que meninas montem suas próprias bandas

DIVULGAÇÃO

Explorar o quão transformador pode ser o universo da música e da arte, estimulando a formação de novas amizades e o espírito de colaboração. Essa é a proposta da segunda edição do Girls Rock Camp Porto Alegre, que acontece entre os dias 22 e 27 de janeiro, na Unisinos e no Bar Agulha.

Voltado a meninas de 7 a 17 anos, o projeto oferece a possibilidade de viver uma experiência incrível: montar sua própria banda e apresentar uma composição autoral no show que fecha a semana. Nesse ano, a iniciativa conta com 40 participantes, sendo 12 bolsistas da rede pública de ensino.

[ Meninas na edição anterior do girls rock camp Crédito: Divulgação

A partir do modelo de acampamento diurno, as meninas se reúnem na Unisinos Porto Alegre em período integral para aprender a tocar um instrumento, ter aulas de composição e técnicas de conjunto. No final de seis dias, as oito bandas ali formadas apresentam suas criações em um show repleto de emoção, que ocorre no Bar Agulha (Conselheiro Camargo, 300) e é aberto à comunidade.

Além das aulas voltadas à produção e à aprendizagem musical, as garotas realizam inúmeras outras atividades. “Este ano faremos 10 oficinas, o dobro de 2017”, comemora Lisi Zilz, uma das organizadoras do projeto. “Criamos um espaço de compartilhamento e cooperação feminina capaz de desconstruir a ideia da competitividade entre mulheres”, completa Lisi. Dentre as atividades, serão oferecidas oficinas como acroyoga, skate, stencil, performance de palco e defesa pessoal.

[ Meninas na edição anterior do girls rock camp Crédito: Divulgação

A equipe responsável pelo apoio do Camp é formada por cerca de 60 mulheres, todas voluntárias, vindas de diferentes lugares do Brasil e, inclusive, de fora do país. Todas elas possuem ampla experiência em música, educação e artes.

Sobre o projeto

O Girls Rock Camp é um projeto independente que surgiu em Portland, nos Estados Unidos, há mais de uma década e ocorre em diferentes lugares do mundo, por meio da organização Girls Rock Camp Aliance. Liderado por um grupo de artistas, produtoras e educadoras que vivem na capital gaúcha, o projeto não recebe patrocínios de empresas e busca apoio local para adquirir materiais, instrumentos e equipamentos musicais. O Girls Rock Camp Porto Alegre existe através do trabalho voluntário, da arrecadação de fundos e de doações da comunidade.

[ Meninas na edição anterior do girls rock camp Crédito: Divulgação

Serviço

O quê: Girls Rock Camp Porto Alegre - edição 2018

Quando: de 22 a 27 de janeiro

Mais informações: grcportoalegre@gmail.com