FIC 2018 - Festival de Interatividade e Comunicação

Evento acontece nos dias 29 e 30/10 no Campus Porto Alegre

MICHELLI MACHADO

O Teatro Unisinos, no Campus Porto Alegre, será palco do FIC 2018 – Festival de Interatividade e Comunicação, que acontece nos dias 29 e 30/10. A Universidade irá patrocinar o evento, que tem como mote Exploring the Limits e abordará a Inteligência Artificial e seus reflexos na vida das pessoas e negócios, além dos impactos éticos, morais e legais. Entre os temas a serem desenvolvidos nessa edição estão machine learning, cidades inteligentes, e-commerce, e blockchain e criptomoedas.

A professora do curso de Graduação em Design da Unisinos e uma das curadoras do evento, Melissa Lesnovski, afirma que Inteligência Artificial não é apenas um tema emergente no cenário digital, mas a força propulsora de uma série de alterações significativas na economia, sociedade e trabalho. “A inteligência artificial não é mais (só) tema de ficção científica ou projeção futurista, mas uma realidade mais próxima de nós do que muitos imaginam”, ressalta Melissa.

[FIC 2018 Crédito: Divulgação

Sobre o FIC na Unisinos

O objetivo do evento é proporcionar uma experiência única de educação, conexão e inspiração para a evolução de empresas e profissionais no mercado digital. “Hoje não se pode segregar esse mercado às empresas que desenvolvem tecnologia. Toda empresa que se utilize das tecnologias digitais para inovar é nosso público, de multinacionais a startups”, explica a professora.

Serão dois dias de evento, com agenda completa no Teatro Unisinos e no Auditório Multiuso, no 8º andar da Torre Educacional, no Campus Porto Alegre. “A programação será intensa, com palestras e workshops de grandes marcas como Amazon, Google, IBM, SAP e pesquisadores e profissionais de ponta como Giordano Cabral, Aline Corso, Simone Kliass e Juan Pablo Boeira. Não podemos deixar de falar de André Torretta e da Kunumi, além das diretoras da Thoughtworks Carol Cintra e Gabriela Guerra, atrações fundamentais nessa conversa”, destaca Melissa.

Na programação, ainda constam dois workshops que trarão uma perspectiva "mão na massa" perfeita para quem quer utilizar a inteligência artificial na comunicação. “A Otimifica trará instrumentos de inteligência artificial para geração de personas e a Zenvia trabalhará personas para criação da inteligência artificial. A dobradinha é proposital, com abordagens complementares para estratégias digitais muito bem integradas à realidade da inteligência artificial”, relata a curadora.

Segundo Melissa, a Unisinos é a casa do evento este ano, e hospedar o FIC em uma universidade tem sido inspirador. “Os temas tratados no FIC são abordados em sala de aula na Unisinos em várias de suas Escolas – Gestão e Negócios, Indústria Criativa, Politécnica e Humanidades – as conversações e debates sobre o futuro do trabalho, a evolução tecnológica e os reflexos na sociedade são constantes. Não à toa, a comunidade Unisinos tem condições muito especiais para participação no evento”, afirma.

Para a professora, o engajamento no FIC é uma dentre muitas evidências de que a Unisinos olha à frente de seu tempo e proporciona experiências e compartilhamento de conhecimento como fomento à inovação sustentável e socialmente responsável. Para saber mais sobre o FIC 2018 clique aqui.