Encontro de Abertura do Semestre Letivo 2021/1

Pela primeira vez, tradicional evento foi realizado online

RHAVINE FALCÃO

O Encontro de Abertura do Semestre Letivo 2021/1, realizado neste sábado, 20/3, foi um momento de confraternização. Pela primeira vez, o tradicional evento da Universidade foi realizado online para os colaboradores. O tema deste semestre foi “Carregamos um tesouro em vasos de argila” (2 Coríntios, 4,7). A condução do evento foi de responsabilidade do professor da Escola da Indústria Criativa, Daniel Pedroso.

No início das atividades previstas para o Encontro, o reitor, Pe. Marcelo Fernandes de Aquino, deu boas-vindas aos funcionários e colaboradores destacando a Unisinos como universidade comunitária por construir comunidade. “Somos uma comunidade universitária”, ressaltou.

Crédito: Divulgação

Na sequência, o reitor lembrou a missão da instituição e foram lidos os valores da Unisinos:

  • Expressão do amor em serviço - leitura feita pelo vice-reitor, Pe. Pedro Gilberto Gomes;
  • Dignidade da pessoa humana - diretor da Unidade Acadêmica de Graduação, Pe. Sérgio Eduardo Mariucci;
  • Transparência republicana - diretor da Unidade Acadêmica de Educação Online, Vinícius Costa de Souza;
  • Equidade e diversidade - diretora da Unidade de Finanças e Gestão de Pessoas, Silvana Model;
  • Justiça socioambiental e reconciliação - diretor da Unidade de Apoio de Operações e Serviços, Cristiano Richter.

Em 2020, a Unisinos precisou ser criativa para dar conta dos desafios impostos pela pandemia. Em vídeo emocionante, foram exibidos relatos de professores e alunos atuantes em ações desenvolvidas pela Escola de Saúde e Ação Social da Universidade. O Encontro teve apresentação do projeto Vida com Arte e a leitura do Salmo 130 pela diretora Unidade Acadêmica de Pesquisa e Pós-Graduação, Dorotea Kersch.

Pe. Marcelo convidou todos para um minuto de silêncio em homenagem aos homens e mulheres vítimas da pandemia, seguido da oração do Pai Nosso.

Panorama acadêmico

O pró-reitor Acadêmico e de Relações Internacionais, Alsones Balestrin, destacou os desafios enfrentados pela Unisinos para manter a excelência da Universidade em um modelo de ensino em ambiente virtual. “Agradecer toda comunidade, professores, tutores e funcionários, pelo esforço gigantesco no sentido de manter a Unisinos com o nível de excelência que sempre teve. Em 2020, a Universidade se preparou e se estruturou muito para aprender com a pandemia”, completou.

Crédito: Divulgação

Para o diretor da Unidade Acadêmica de Graduação, Pe. Sérgio Eduardo Mariucci, a união da comunidade foi importante para a migração do ensino e para a criação da sala de aula simultânea. “Um sintoma de grande saúde da nossa universidade, capacidade de, em um momento difícil em que a pandemia colocou em cheque a presencialidade, conseguirmos com a mobilização e o engajamento criativo dos professores fazer a movimentação de migrar”, ressaltou.

Crédito: Divulgação

Durante a pandemia e diante das dificuldades enfrentadas para manter as aulas presenciais, a Unisinos desenvolveu uma solução que respeita a vontade e a necessidade dos nossos alunos. “Trazendo para a sala de aula simultânea, um ambiente de sala de aula. Os alunos de casa têm condições de interagir e ouvir as falas e discussões de sala de aula. Da mesma forma, os alunos que estão em sala de aula, podem acompanhar os alunos de casa. Foi a solução que encontramos para trabalhar de forma simultânea”, explica o diretor adjunto da Unidade Acadêmica de Graduação, Guilherme Trez.

Crédito: Divulgação

Panorama econômico-financeiro e administrativo

O pró-reitor de administração, Luiz Felipe Vallandro, falou sobre os impactos do ano de 2020 e o planejamento da Universidade em 2021. “A Unisinos passou de maneira bastante forte por essa turbulência, nesse primeiro ano, pois esteve preparada na sua gestão em todos os pressupostos para esse enfrentamento. Estamos vigilantes, atentos e trabalhando com a mesma determinação para 2021”. E completou falando sobre o objetivo para o pós-pandemia. “Estar vivos como pessoas humanas e vivos como universidade”, finalizou.

Crédito: Divulgação

Na sequência, o diretor da Unidade de Apoio de Operações e Serviços, Cristiano Richter, apresentou as ações realizadas no Plano de Contingência (PC COVID-19) e no Plano de Otimização dos campi São Leopoldo e Porto Alegre. Ele ressaltou que é preciso permanecer com atenção e cuidado à saúde da comunidade no enfrentamento da pandemia. “Reitero o agradecimento a todas as equipes que aderiram ao nosso Plano de Contingência e todas as ações. Sem adesão e coesão da comunidade universitária, a gente não teria feito o resultado que fizemos no ano passado”, completa.

Crédito: Divulgação

Mensagens dos convidados

Como acontece em todos os anos, o Encontro contou com a presença de convidados que falaram diretamente do Rio de Janeiro.

O administrador provincial e diretor presidente eleito da ASAV, Ir. Eudson Ramos, destacou a importância de cuidar das pessoas. “Eu tenho certeza absoluta que a Unisinos, ao longo desse ano, adaptando todas as situações, conseguirá levar a diante a sua missão de educação, a própria pesquisa e reflexão intelectuais e ao mesmo tempo manter sempre o cuidado com as pessoas. O cuidado com aquela pessoa que usa dos serviços da Unisinos e ao mesmo tempo também presta esse serviço”, destacou.

Crédito: Divulgação

O provincial dos Jesuítas do Brasil, Pe. Mieczyslaw Smyda, destacou que a Companhia de Jesus se orgulha do trabalho que a Unisinos realiza. Ele agradeceu pela dedicação e busca da excelência acadêmica e científica. A universidade jesuíta deve contribuir a partir da busca da verdade mediante o conhecimento científico entre outros saberes em diálogo com a sociedade. “Assolados pelo vírus, um inimigo invisível a olho nu, apresentamos cada vez mais que a ciência e a fé necessitam dialogar para a vida aparecer com mais força e mais beleza.

Crédito: Divulgação

Encerramento

No encerramento do Encontro, o reitor destacou alguns pontos de contribuição na caminhada em 2021 e expressou o grande amor pela comunidade. “Vamos dar o melhor de nós e vamos tomar conta para que esse vírus não nos corroa naquilo que temos de melhor. Um coração generoso e uma cabeça que vê o futuro que está chegando”, finalizou.