Aula Inaugural da Medicina tem entrega de jalecos aos alunos

Momento também contou com palestra sobre medicina integrada

PÂMELA OLIVEIRA

A primeira Aula Inaugural da Graduação em Medicina ocorreu na segunda-feira, 18 de setembro, no Campus São Leopoldo. O momento foi de confraternização entre professores, alunos e familiares, especialmente convidados para a cerimônia de entrega dos jalecos, que precedeu a palestra da noite.

[ A coordenadora do curso de medicina vestindo o jaleco na aluna Crédito: Janaína Costa

Tradição nos cursos de Medicina, a entrega de jalecos simboliza o início dos estudos e o compromisso com a integridade que a profissão requer. Para a aluna Tainá Medeiros, receber a vestimenta foi como ver um sonho virar realidade: “Fico muito emocionada em fazer parte dessa história e por estar em uma universidade tão boa. Essa noite é uma honra para todos aqui. Estou muito empolgada!”, alegrou-se.

Com os alunos já paramentados, a aula seguiu para a palestra Entre fantasmas e evidências – em defesa de uma medicina integrada, ministrada pelo médico e escritor Celso Gutfreind.

De forma poética, Celso contou aos alunos sua história com a Medicina. Falou que somos feitos de empatia; fruto do outro, dos encontros e da presença. Criticou a Medicina apartada da alma, da escuta, do toque, das palavras esperançosas. E mostrou que é preciso estar com para promover o bem estar.

Felicidade compartilhada

Especialmente para a Reitoria e o corpo docente que acompanha o curso desde a elaboração de sua proposta pedagógica, cada momento da Medicina na Unisinos é uma conquista. Bem definiu a coordenadora, professora Nêmora Barcellos, na noite de segunda-feira: “Esta é uma felicidade compartilhada”. Confira o que mais disseram os participantes da Aula Inaugural:

Entrega dos Jalecos

Entrega dos Jalecos

“Quantas expectativas, quanta vontade de construir uma entrega para a sociedade! Este é um momento importante de cidadania. Vocês, futuros médicos do Brasil, vão conhecer situações das mais sublimes e de solidariedade às mais corrompidas e de fronteira. Por isso, cuidem do espírito de vocês, dos valores que os chamam para a Medicina. Façam história por serem fiéis à justiça, à integridade e à honradez profissional. É disso que a Universidade vai se orgulhar de vocês.” Padre Marcelo Fernandes de Aquino, reitor da Unisinos.

“Esta graduação foi bastante esperada; gestada tempo suficiente para que nascesse um belo bebê. Desenhada de forma muito especial, certamente vai produzir muita inovação e formar médicos muito competentes." Denise Ziegler, decana da Escola de Saúde Unisinos.

“Vocês serão lembrados como a primeira turma formada em Medicina pela Unisinos. Tenho certeza de que esta Instituição dará um grande exemplo e será referência no debate sobre saúde pública e humanização da relação médico e sociedade.” Ary Vanazzi, prefeito do município de São Leopoldo.