Mestrado e Doutorado em Educação

Credenciamento docente

O credenciamento docente está descrito no Regimento do PPGEDU e orientado pela Resolução Nº16/2016.

Capítulo II –Critérios de Credenciamento Docente

Art. 9º – O credenciamento docente na Universidade do Vale do Rio dos Sinos e no Programa de Pós-Graduação em Educação ocorre através de Processo Seletivo, conforme edital divulgado previamente.

Art. 10º – Os critérios gerais para o credenciamento docente estão descritos no Ofício 08/2014 emitido pela Pró-reitoria Acadêmica e em normativa para credenciamento e descredenciamento da Universidade.

Art. 11º - Anualmente o coordenador executivo do Programa de Pós-Graduação fará o levantamento individual da produção docente e comunicará individual e coletivamente os resultados da produção em reunião de colegiado e por meio de relatório à CAPES. Parágrafo Único – Caberá ao coordenador executivo, indicar à UAPPG os docentes que não mantiveram a produção compatível com o exigido pela categoria de professor permanente e professor colaborador pela CAPES.

Art. 12º – Professores colaboradores, recém-credenciados ao Programa, com destaque àqueles com menos de cinco anos como doutores e atuantes em Programas de Pós Graduação, terão um período para a estabilização de sua produção, a contar da data de entrada no Programa, conforme diretrizes gerais da Universidade.

Art. 13º – O professor credenciado como permanente que não tiver produção mínima compatível à sua categoria, definida por critérios da CAPES, passará, mediante análise de comissão instituída pelo Coordenador Executivo do Programa, à categoria de professor colaborador.

§ 1º - O professor colaborador referido no caput deste Artigo poderá retornar à categoria de permanente no caso de manter a regularidade da produção, pelo tempo mínimo de 2 anos, além de obter a produção compatível a essa categoria, mediante avaliação de comissão instituída pelo Coordenador do Programa.

§ 2º - Enquanto o professor se mantiver na categoria de colaborador, não receberá novas orientações de doutorado e passarará a coorientador dos doutorandos que já estão sob sua responsabilidade.

§ 3º – Será descredenciado o professor que não conseguir atingir produção mínima para o Programa que integra dentro dos prazos e critérios estabelecidos pela norma da Universidade.

Art. 14 – A produção dos professores do Programa serão avaliadas anualmente por comissão interna, instituída pelo Coordenador executivo do Programa, conforme diretrizes gerais da Universidade.


»Política de privacidade Unisinos
Jesuítas Brasil Unisinos - Somos infinitas possibilidades