GIL pelo mundo: Espanha

Confira as experiências de Fernanda Paludo, em Vigo, e Francesca Dal Ben, em Barcelona

Crédito: Arquivo Pessoal

Um país. Duas cidades e universidades diferentes. Essas foram as escolhas das alunas da graduação em Administração – Gestão para Inovação e Liderança (GIL), Fernanda Paludo e Francesca Dal Ben. A primeira escolheu estudar um semestre na Universidad de Vigo, enquanto a segunda optou pela Universidade Autônoma de Barcelona.

Uma volta por Vigo

Fernanda destaca que estudar no exterior foi uma das melhores experiências de sua vida. “Acredito que cresci muito como pessoa, pois além de ter que me virar com um idioma completamente diferente, tive também que me adaptar a diversas situações inimagináveis”, conta. A estudante soube administrar o tempo das aulas na Universidade, além dos feriados e finais de semana, para viajar por outros locais da Europa e conhecer outras culturas.

Crédito: Arquivo Pessoal | Fernanda Paludo

Em Vigo, Fernanda pode perceber o jeito peculiar da cultura do povo espanhol. “Foi uma das coisas mais me encantou na Espanha, pois ao mesmo tempo que os espanhóis são organizados como o resto da Europa, eles também têm um clima latino, bagunçado e barulhento muito interessante”, analisa. Sem contar a beleza da cidade, onde ainda comenta: “Outra coisa interessante é a arquitetura da cidade. A união de prédios antigos com novos, os ricos detalhes nas esculturas espalhadas e não poderia deixar de falar da limpeza dos locais.”

Um passeio em Barcelona

Francesca revela que morar em outro país para estudar é uma experiência desafiadora, mas ao mesmo tempo uma das mais maravilhosas do mundo. “Os seis meses que passei fora do Brasil foram, com certeza, os melhores da minha vida, eu aprendi muito, evolui muito e vivi experiências que nunca imaginei que viveria. Além disso, acredito que desenvolvi muito meu espanhol e inglês, sem contar o tanto que aprendi sobre resolução de problemas, resiliência e inteligência emocional”, salienta

Crédito: Arquivo Pessoal | Francesca Dal Ben

A aluna diz que a arquitetura, a cultura e as paisagens foram o que ela mais amou na Espanha e detalha sobre a cidade em que esteve. “Especificamente sobre Barcelona, é incrível o quanto a cidade é viva, cheia de intervenções artísticas, sustentáveis e culturais, não importa o mês que você estiver lá, sempre vai estar acontecendo algo diferente. É simplesmente uma cidade fenomenal”, frisa.

A importância do intercâmbio

No GIL, os alunos têm a possibilidade de estudar no exterior no intuito de potencializar a aprendizagem e a construção de conhecimento, tendo a viagem de estudos já está inclusa no currículo. Tanto Fernanda quanto Francesca consideram essa oportunidade uma das mais marcantes da graduação. “O intercâmbio é a chance de você abrir sua cabeça e seu olhar para o mundo, vivenciar coisas novas, aprender como os outros fazem, ver novas realidades, se inspirar, ter novas ideias e repaginar alguns conceitos”, avalia Fernanda. “O poder que um intercâmbio tem em transformar e ensinar sobre a vida é surpreendente, esses seis meses me possibilitaram construir uma nova visão de mundo e uma nova visão de mim mesma”, conclui Francesca.

Ficou interessado e quer conhecer mais sobre o GIL? Então acesse a página do curso clicando aqui.

Vestibular 2023/1

O próximo Vestibular da Unisinos acontecerá no dia 26/11 e as inscrições já estão abertas. Para realizá-las e conferir mais informações, acesse unisinos.br/graduacao.

O nosso website usa cookies para ajudar a melhorar a sua experiência de utilização.

Aceitar