Unisinos avaliada como instituição inovadora na categoria Ensino & Pesquisa

Universidade avançou no ranking e ocupa o 2º lugar entre as mais inovadoras no sul do país

MICHELLI MACHADO

Inovação está no DNA da Unisinos. A Universidade investe em pesquisa de ponta e ensino de excelência, com o seu Ecossistema de Ciência, Tecnologia e Inovação. Os resultados desse trabalho, ganharam destaque na 16ª edição da pesquisa Campeãs da Inovação, do Grupo Amanhã. A Unisinos conquistou a segunda posição no ranking que avalia instituições inovadoras na categoria Ensino & Pesquisa no sul do país.

Crédito: Rodrigo W. Blum

Para o pró-reitor Acadêmico e de Relações Internacionais, Alsones Balestrin, a importância desse reconhecimento na área de inovação e pesquisa é demostrar que a Unisinos está no caminho certo. “É um reconhecimento importante e justo. A Unisinos vem, nos últimos 10 anos, fazendo um investimento muito grande na área de inovação, na área de pesquisa e desenvolvimento, com as empresas, e na área do empreendedorismo inovador. A Universidade criou cinco Institutos Tecnológicos, que atendem centenas de empresas, todos os meses, prestando atendimento no desenvolvimento de novos produtos e novos processos’, afirma Balestrin.

Para ele, a Unisinos, além de ser um agente inovador que fortalece e promove a inovação, é parceira de inovação, junto com empresas, e, se transforma por essa inovação. “Seja nos seus projetos de Educação a Distância, no Campus Porto Alegre, com sua estrutura inovadora para o aprendizado, nas salas de aulas, e, também, na criação de empreendimentos inovadores no Parque Tecnológico, com mais 40 startups incubadas, que somadas às empresas consolidadas, formam um total de cerca 100 empresas” destaca.

O poder da tríplice hélice

O Parque Tecnológico é um importante espaço de inovação dentro do campus da Unisinos. O Tecnosinos trabalha com o sistema da tríplice hélice, que une universidade, governo e empresas. Por meio dele, a Unisinos fomenta novas economias na área de tecnologia, orientadas pelo empreendedorismo inovador e pelo desenvolvimento sustentável da região. A diretora da Unidade de Inovação da Unisinos e CEO do Tecnosinos, Susana Kakuta, entende que a Universidade tem realizado um esforço importante no sentido de consolidar um ecossistema de inovação robusto.

“A Unisinos, atuando na formação de recursos humanos com expertises estratégicas; os Institutos de Inovação, com infraestrutura e profissionais no estado da arte mundial; e as empresas, especialmente aquelas integrantes do Tecnosinos, que atuam investindo e consolidando a nova economia do conhecimento no Brasil. Tudo isto, forma um novo escopo de desenvolvimento socioeconômico, que é a expressão de um Brasil que dá certo. O que diferencia nosso ecossistema é uma ampla parceria de investimentos de inovação, entre nossa Universidade, o poder público e as empresas. Cada um fazendo sua parte, com crença na inovação como fator de competição e estratégia de futuro”, explica.

A serviço da sociedade

A Unisinos busca entregar a inovação desenvolvida na Universidade para a sociedade. Um dos caminhos para isso, é por meio dos Institutos Tecnológicos (itts), que reforçam o foco estratégico da Instituição na prestação de serviços e no desenvolvimento e inovação de empresas e organizações. Outro importante espaço para entregar inovação à comunidade, é o Portal de Inovação da Unisinos, que conecta a Universidade ao mercado e transforma pesquisa e tecnologia em inovação, em um ambiente colaborativo que visa o desenvolvimento de inovações em redes.

[Fachada Portal da Inovação Crédito: Rodrigo W. Blum

Sobre o reconhecimento alcançado pela Unisinos no ranking, o gerente de Pesquisa Desenvolvimento e Inovação, Sílvio Bitencourt, afirma que o resultado demonstra que a Unisinos conseguiu traduzir no questionário aplicado pelo IXL-Center, de Cambridge (EUA), que deu origem a listagem das campeãs de inovação, a capacidade de inovação da Universidade. “A inovação é parte da rotina de gestão da Unisinos e se reflete em soluções inovadoras para o setor produtivo que realimentam o processo de aprendizagem e ensino com experiências do mundo real e alinhadas com a realidade atual e com as tendências de diversos setores”, enfatiza.

Quanto ao papel dos itts e do Portal de Inovação da Universidade, Sílvio destaca que contribuem com a conquista deste resultado atuando como uma ponte entre a Universidade e o setor produtivo. “Os Institutos Tecnológicos fazem a transferência formal de tecnologia, resultado do conhecimento produzido na Universidade, para o setor produtivo, que contribui com o aumento da competitividade das empresas e melhores produtores e serviços para os consumidores. O Portal de Inovação contribui ao exercer seu papel como um ponto focal da Universidade para aqueles que ainda não mantém relacionamento com a Instituição criarem conexões e acessarem os recursos do ecossistema de inovação da Unisinos”, reforça

Os cinco Institutos Tecnológicos da Unisinos articulam atividades empresariais e de pesquisa, desenvolvimento e inovação, focados em aproximar as oportunidades e necessidades das empresas. Cada itt, tem seu trabalho focado em uma área: itt Fuse - Instituto Tecnológico em Ensaios e Segurança Funcional; itt Performance - Instituto Tecnológico em Desempenho e Construção Civil; itt Fossil - Instituto Tecnológico em Micropaleontologia; itt Chip - Instituto Tecnológico de Semicondutores; itt Nutrifor - Instituto Tecnológico em Alimentos para a Saúde. Os itts expandem o conhecimento produzido na Universidade para os diversos setores industriais, contribuindo para o processo de desenvolvimento socioeconômico do país.