Primeiro Conecta Unisinos Porto Alegre desafia alunos do Ensino Médio a pensarem em como melhorar a cidade

Evento aconteceu nos dias 7 e 8 de julho, no Campus Unisinos Porto Alegre

RHAVINE FALCÃO

Compartilhe esta página

Para quem está no Ensino Médio é hora de pensar em qual carreira seguir. E para ajudar essa galera, todos os anos, a Unisinos realiza o Conecta. Um momento em que a Universidade abre suas portas para receber os estudantes. Durante todo o dia de hoje, 7/7, eles têm a oportunidade de conhecer os cursos ofertados, estrutura e conversar sobre as diversas profissões com os professores da instituição.

A primeira edição do Conecta Unisinos em Porto Alegre movimenta o Campus nesta sexta-feira e segue amanhã. No evento, alunos do Ensino Médio são desafiados a pensarem em ideias para melhorar a cidade e a qualidade de vida das pessoas. São quase 100 alunos participando dos desafios, representando 7 escolas da capital. A estimativa é de que mais de 1.250 estudantes circulem pela Universidade nos dois dias.

[ Dirceu com seu prêmio do SENGrs Crédito: Rodrigo W. Blum

Para a aluna do Colégio Santa Doroteia, Eduarda Ventura, que pretende cursar Design, é muito interessante a oportunidade de conhecer melhor as ofertas da Unisinos. “É importante saber que vou ter uma profissão em que poderei desenvolver a criatividade. E conhecer a Universidade ajuda na escolha", explica.

São dois dias em que os estudantes vão viver o Campus e os cursos da Unisinos Porto Alegre. Durante o Hackstreet, na manhã de hoje, os estudantes foram desafiados a criarem um espaço de vivência para o entorno do Posto de Saúde da Vila IAPI. Já na parte da tarde, o desafio será a apresentação de ideias para criar um maior envolvimento da comunidade com a Biblioteca local.

As colegas Manoela Benevenuto e Fernanda Cruz do Colégio Tiradentes, aproveitaram o momento para conhecerem melhor os cursos. Manoela contou que pretende cursar Engenharia Civil e destacou a oportunidade do Conecta como um auxílio na hora de decidir. "É bem interessante essa oportunidade. Não é bom escolher o curso sem antes conhecer e aqui temos a oportunidade de saber mais”, completa Fernanda que manifestou interesse pelo curso de Direito.

Segundo a coordenadora de Marketing da Unidade Acadêmica de Graduação, Débora Martini, essa atividade ajuda os alunos do Ensino Médio a pensarem a profissão de uma nova maneira, com ideias que impactem a vida de todos. Ela destaca que a Smile Flame tem sido parceira da Universidade para testar projetos sociais. “A Unisinos acredita no ensino com conteúdo. E se preocupa não só em formar um bom profissional, mas que sejam pessoas boas e envolvidas com a sociedade de forma relevante. Esse pensamento se encaixa muito com o propósito que temos", completa Daniel Mattos, fundador da Smile Flame.

Unisinos Conecta POA 2017

Unisinos Conecta POA 2017

Nesta edição, graduandos do curso de Arquitetura e Urbanismo ajudam os estudantes, divididos em grupos, a resolverem os problemas da cidade. As ideias contemplam sustentabilidade e acessibilidade, unindo esses ângulos com iniciativas culturais e cuidado com as pessoas e os aninais. Os grupos vencedores recebem uma verba para desenvolver a ideia. Todos os alunos trabalharão unidos para colocar os projetos vencedores em prática.

Outro desafio, o Hacklab, é a criação de uma plataforma, um produto digital (app, site...). Hoje, acontece o aquecimento para a maratona hacker. Os professores das áreas de Administração, Design e Informáticas realizam workshops com a gurizada, para prepará-los para os desafios que receberão amanhã. São 19 horas para pensar em soluções digitais para problemas sociais, como por exemplo: ajudar a galera que mora na rua a ficar mais quentinha, encontrar um lar para os animais abandonados, ajudar a transformar o lixo, auxiliar os imigrantes a arranjar trabalho, entre outras ideias.