Os ingredientes do conhecimento

Unisinos apoia evento gastronômico que busca nos povos que construíram o RS a fonte para novas técnicas e sabores

MARCELO GRISA

Neste feriadão de Revolução Farroupilha, o curso de Gastronomia da Unisinos participa do Mesa Ao Vivo RS. A promoção é da revista Prazeres da Mesa, a principal sobre o tema no país. O evento regional ocorre entre 18 e 20 de setembro, no Parador Hampel, em São Francisco de Paula, com transmissão pelo Instagram @prazeresdamesa e pelo canal MesaHub no YouTube.

O tema do encontro é “Estrada dos Imigrantes – os caminhos do alimento que devemos revisitar”. O objetivo é provocar a discussão das contribuições, tanto em ingredientes quanto em técnicas, que os diversos movimentos de imigração deram ao Rio Grande do Sul. Para participar presencialmente no evento e conferir valores dos pacotes, entre em contato pelo telefone (54) 99692-9717 ou pelo e-mail reservas@paradorhampel.com.

Crédito: Divulgação

Receitas do passado, pratos do futuro

A aula de abertura do evento, no sábado, 18, às 11h15, conta com o professor Israel Bertamoni, que ministra junto de Marcelo Pereira e Rodrigo Bellora. Além disso, um grupo de 12 alunos do curso de Gastronomia da Unisinos atua como equipe de apoio em todas as aulas de sábado e domingo. Assim, os selecionados apoiam no desenvolvimento das atividades a serem demonstradas nas aulas e também aperfeiçoam suas habilidades na prática, junto de profissionais renomados.

Para a professora Sarah Winck, uma das coordenadoras do curso de Gastronomia, atividades como essa incentivam a reflexão tanto dos profissionais em formação quanto dos já formados. “Entendemos que podemos contribuir com o desenvolvimento do conhecimento. É importante que o mercado esteja junto conosco para podermos desenvolver as técnicas e colocar o aluno de frente para o mercado”, afirma.

Segundo a docente, o tema do evento é bastante presente e necessário, sendo inclusive contemplado com frequência no currículo atual. “A gente hoje olha muito para o local. Ainda olhamos para a Europa, para outros países, porque isso é importante na construção de conhecimento. Entretanto, é necessário perceber o quão rica e diversa é a nossa cozinha”, aponta.

Além de um final de semana de aulas com mais de 40 profissionais de áreas ligadas aos alimentos, o feriado de segunda, dia 20, contará também com o A Ferro e Fogo. O projeto, que completa cinco anos, tem foco na cozinha de fogo de chão, e é comandado pelo chef Marcos Livi, que também comanda o Parador Hampel. A edição comemora os cinco anos de A Ferro e Fogo justamente na data mais especial para os gaúchos.