Missão internacional para Coreia

Professores da Unisinos participam de agenda com cinco universidades na Coreia do Sul

COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL

No dia 2/10, um grupo de professores da Unisinos retornou de uma missão internacional para Coreia do Sul. A viagem teve como foco a colaboração com cinco universidades coreanas no contexto do projeto Hospital do Futuro, que busca usar a Internet das Coisas e o aprendizado de máquina em benefício da saúde das pessoas.

Segundo um dos professores que participou da missão, Cristiano André da Costa, a experiência reconhecida da Coreia na indústria de semicondutores, Internet das Coisas e sistemas embarcados é de extrema importância para esse projeto. “A missão teve o objetivo ampliar a internacionalização da Unisinos e do Programa de Pós-Graduação em Computação Aplicada, incluindo: possibilidade de intercâmbio de doutorandos e professores entre os dois países; publicações em conjunto no escopo do projeto; colaborações de pesquisa relacionadas com o projeto Hospital do Futuro; discussão de projetos inovadores internacionais no escopo de IoT e Saúde; análise de participação em bancas internacionais de mestrados e doutorados”, explicou o pesquisador.

[Comitiva de professores viaja para a Coreia do Sul Crédito: Divulgação

O professor contou que durante a viagem foram aprofundadas as parcerias já existente com as Hankuk University of Foreign Studies (HUFS), Korea Advanced Institute of Science and Technology (KAIST), Woosong University e Sungkyunkwan University (SKKU). Na ocasião, também se buscou novas parcerias com a universidade Seoul National University (SNU) e com o instituto de pesquisa Electronics and Telecommunications Research Institute (ETRI).

“Especialmente com a SNU ficaram evidentes convergências em pesquisas sobre sensores e atuadores. Com o ETRI prospectáramos a possibilidade de novos trabalhos no âmbito das telecomunicações. Na reunião com o presidente e os demais representantes da empresa Hana Micron, avaliamos a possibilidade de trabalho de pesquisa em conjunto sobre o tema da IoT e Saúde. Mesmo não sendo o core business da empresa, a Hana Micron começou um trabalho exploratório nesse tema e está interessada em parcerias”, destacou o pesquisador.

[Comitiva de professores viaja para a Coreia do Sul Crédito: Divulgação

Entre os resultados obtidos durante a missão estão: a possibilidades de interações entre as pesquisas do PPG em Computação Aplicada com aquelas da SNU e a análise da aproximação de currículos e dupla titulação; A definição de estratégia de aproximação de professores da área de computação, da Unisinos e da HUFS, através da visita de professores e do intercâmbio de alunos; Auxílio da KFAS no matching de pesquisadores coreanos a partir de temas de importância para os pesquisadores da Unisinos, particularmente no âmbito do projeto Print IoT e Saúde; Identificação de possibilidades para ampliação de interações entre as pesquisas do PPG em Computação Aplicada com a KAIST; Possibilidades de projetos em conjunto com a ETRI na área de IoT e Saúde.