Gestão para a lucratividade é o tema do oitavo bootcamp do Programa BRDE Labs

ALIANÇA PARA INOVAÇÃO

No dia 8 de outubro o Programa BRDE Labs realizou o seu oitavo bootcamp. Desta vez, a temática foi “Gestão para a Lucratividade”. O bate-papo online foi conduzido pelo professor na Unisinos e sócio da ABC Negócios, Diego Marconatto.

Marconatto, que é autor da publicação “O Livro do Lucro”, utiliza sua pesquisa e experiência para desmistificar algumas regras e leis do sucesso financeiro e ajudar empreendedores a atingir “um fluxo de caixa positivo, crescente e previsível”. Ele aponta a importância do estudo e experiência para os profissionais de startups, bem como mostra que as principais capacidades exigidas de tais negócios são: saber ler o mercado e desenvolver um modelo de negócio “escalável, repetitivo e lucrativo”. Para Marconatto, mesmo startups com tecnologias muito sólidas podem não atingir seu potencial se não tiverem um foco comercial.

De acordo com Marconatto, todo negócio se baseia em 5 pilares principais: Produtos e Serviços, Dinheiro, Lucro, Pessoas e Investimentos. “A forma com que cada empresa arranja estes pilares e faz a sua gestão é fundamental para o sucesso de cada iniciativa”. Além de discutir como cada um destes aspectos dos negócios deve ser trabalhado, Marconatto aponta que todo negócio precisa desempenhar três papeis principais: o executor, o empreendedor e o gestor. Através destas funções, a startup precisa alinhar o cliente, o produto e o negócio.

No final do bootcamp foi realizado um bate-papo para que todos pudessem esclarecer dúvidas, discutir assuntos importantes com relação à gestão para a lucratividade e poder ouvir um pouco mais sobre o assunto na perspectiva do professor.

O bootcamp contou com a presença das 12 startups selecionadas para a etapa de aceleração do Programa BRDE Labs: 2Metric, Agência Besouro, BioIn, DigiFarmz, Elysios, Essent Agro, Faba, Insumo Fácil, Palma Sistemas, Polvo Spot, Optim e Talos, bem como representantes do BRDE, da VENTIUR, das três das universidades que integram a Aliança para Inovação – UFRGS, PUCRS e Unisinos.