Ampliação da UBS Cohab Feitoria

Secretaria de Saúde de São Leopoldo e Unisinos inauguram novo espaço que contará com dois consultórios médicos e uma sala de aula para 40 alunos

MICHELLI MACHADO

Nessa sexta-feira, 01/03, às 10h, a Secretaria de Saúde municipal e a Unisinos inauguraram mais um espaço destinado à saúde da comunidade de São Leopoldo. Após a entrega da Clínica Médica C2, do Hospital Centenário, foi inaugurada a ampliação da Unidade Básica de Saúde (UBS) Cohab Feitoria.

[Inauguração consultórios UBS Feitoria Crédito: Rodrigo W. Blum

O projeto teve o investimento de cerca de 230 mil utilizados para ampliar e equipar os dois novos consultórios, um clínico e outro ginecológico, além de uma sala para aulas e reuniões. “O que entregamos hoje é muito mais que um prédio de 100 metros quadrados, nós entregamos um conceito, uma ideia que tem a ver com a forma como nós preparamos os profissionais para atuar na saúde. De forma mais humana e mais próxima dos pacientes”, afirmou o secretário de saúde do município, Ricardo Charão.

[Inauguração consultórios UBS Feitoria Crédito: Rodrigo W. Blum

O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, agradeceu a parceria com Unisinos e disse estar orgulhoso do trabalho que está sendo entregue. “É um momento de muito orgulho e emoção, a entrega desse prédio para o município, posto que começou a ser construído, em 2008/2009, com o orçamento participativo, e hoje inauguramos mais um espaço aqui nesse Unidade. Nosso desafio é melhora a saúde de São Leopoldo, nosso trabalho está só começando”, ressaltou.

[Inauguração consultórios UBS Feitoria Crédito: Rodrigo W. Blum

O reitor da Unisinos, Pe. Marcelo Fernandes de Aquino, destacou que esse é um momento de alegria para Universidade para o município. “O tema da saúde de São Leopoldo tem nos pedido constância e perseverança. Temos que pensar no que queremos e no que podemos fazer. O que queremos está daqui há 10 anos, o que podemos é o que vivemos hoje, e podemos ser justos e competentes. A Unisinos tem uma longa trajetória de saúde básica e da família, e com a parte clínica puxam as questões tecnológicas. Que os nossos estudantes construam o bem suas carreiras e o bem-estar do povo”, enfatizou.

[Inauguração consultórios UBS Feitoria Crédito: Rodrigo W. Blum

O gerente administrativo da Graduação e coordenador do Projeto Estratégico de Ensino-Serviço em Saúde da Unisinos, Alexandre Wolffenbuttel, contou que a ideia da Universidade é replicar o modelo entregue para UBS Cohab Feitoria para outras unidades do município, inaugurando um espaço novo a cada semestre. “Esse é um espaço de prática de ensino que servirá também para ampliação do atendimento à comunidade. Um trabalho feito por alunos, junto com professores, e de forma integrada com a equipe da UBS”, explicou.

[Inauguração consultórios UBS Feitoria Crédito: Rodrigo W. Blum

A inauguração contou com a participação de diversas autoridades do município e de muitos moradores da comunidade. Além disso, a Banda da Brigada Militar, com 30 músicos, marcou presença executando várias canções, entre elas o hino nacional brasileiro, para abertura oficial do evento.

[Inauguração consultórios UBS Feitoria Crédito: Rodrigo W. Blum

Atendimento domiciliar

Desde o início do curso, os alunos da graduação em Medicina da Unisinos realizam atividades práticas nas Unidades Básicas de Saúde do município. Hoje, são 195 estudantes participando de atividades acadêmicas na comunidade junto com as famílias, colaborando com a consolidação da atenção primária e da Estratégia de Saúde da Família. Cada estudante acompanha uma família, em seu domicílio, observando gestantes, bebês, adultos e idosos.

[Inauguração consultórios UBS Feitoria Crédito: Rodrigo W. Blum

“A partir do primeiro semestre de 2019, uma nova atividade acadêmica será desenvolvida na UBS Cohab Feitoria. Pacientes serão atendidos por professores médicos acompanhados de alunos do quarto semestre do curso. Isso representará um acréscimo no número de atendimentos. Além disso, os consultórios entregues pela Universidade poderão ser utilizados por outros profissionais da saúde para o atendimento da população em todos os demais turnos da semana, melhorando a resolutividade dos problemas e o número de hospitalizações por agravos sensíveis à atenção primária”, explica a coordenadora do curso de Medicina Nêmora Barcellos.

As narrativas apresentadas pelos alunos demonstram crescimento, amadurecimento e a sensibilidade. Em outubro de 2018, a estudante Lara Matté participou da 22ª Conferência Mundial de Médicos de Família da WONCA, na Coreia do Sul. No encontro, que é um dos maiores eventos de Medicina de Família no mundo, a aluna apresentou um artigo com foco na formação médica humanística. Segundo Lara, esse tema tem alta relevância na formação de profissionais da área da saúde, pois ouvir o paciente, conhecer o local em que está inserido e a realidade a que ele é exposto, interfere positivamente na relação profissional-usuário e no processo saúde-doença.