Startup do Tecnosinos desenvolve plataforma para solucionar problemas de clínicas de saúde e hospitais

DIVULGAÇÃO - TECNOSINOS
Sempre é tempo para inovar. Oportunidades estão sempre se abrindo para quem está atento e preparado para desenvolver uma nova solução. Em junho de 2020, Leonardo Bork, um jovem estudante de Ciências Econômicas percebeu que, em um âmbito geral, as consultas clínicas mudaram de formato, passando para uma estrutura digital, através de vídeo chamadas. “Em um mercado onde é fundamental o acesso rápido a informações do paciente, o contato para alguns exames e outras questões fundamentais, as plataformas de conferência estavam longe de serem o cenário ideal para estas consultas”, explica.

Utilizando seus conhecimentos e conexões dentro da área da saúde, Bork começou a desenvolver uma plataforma para auxiliar clínicas em transição, centralizando dados, agendas e organizando de maneira eficiente essa grande quantidade de informação. Nascia assim a Clinia, uma plataforma que se propõe a solucionar os problemas de médicos e clínicas de saúde na hora de fornecer um serviço completo para seus pacientes em um âmbito digital.

O mercado

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) afetou todos os setores de negócio. Principalmente, aqueles ligados à área da saúde, que precisaram adotar uma série de protocolos. Mas quando se trata de gestão, Bork destaca que existem diversos setores dentro de uma empresa e todos precisam ser avaliados individualmente. “São áreas que possuem médicos e toda uma equipe em segurança, além é claro de evidenciar questões relacionadas à gestão desses ambientes”, destaca.

Vale lembrar que tudo depende da preparação para os riscos nesse setor. Até mesmo hospitais e clínicas que possuem uma boa gestão, e margem de segurança, precisaram se reinventar por conta da Covid-19, então o principal fator para o sucesso desses negócios é uma readequação veloz e eficiente para a situação de pandemia. Bork explica que, em um primeiro momento, começa um processo de apropriação das ferramentas disponíveis, utilizando ferramentas de chamadas como o Whatsapp e de conferência como o Zoom. “A grande quantidade de pontos de contato com o paciente gera um outro tipo de problema, o da centralização dos dados, para que o cadastro do cliente seja mais completo e o atendimento mais seguro e ágil”, afirma Bork.

Além disso, médicos e clínicas sofrem o impacto financeiro destas limitações, afinal muitos procedimentos eletivos são deixados de lado pelos pacientes, o que evidencia o problema do alto custo na hora de manter um hospital ou clínica ativos. Pensando em tudo isso, surge a Clinia, com a proposta de valor de solucionar esses problemas logísticos e organizacionais das clínicas, incluindo nisso a possibilidade de ações de marketing, visando aumentar o número de procedimentos e pacientes.

A Ferramenta

O Clinia é uma plataforma para gerenciamento de consultórios virtuais e presenciais, que auxilia profissionais que querem ter uma centralização de seus dados do consultório e mais facilidade nos atendimentos diários. Além disso, a startup oferece uma solução de marketplace para a divulgação de consultórios, onde os pacientes podem escolher especialistas através do app, tendo acesso a uma lista com os profissionais mais qualificados de cada área.

O objetivo é alinhar os profissionais qualificados, com os pacientes desamparados devido ao distanciamento, que acabam se apoiando cada vez mais na busca online, que nem sempre é a solução mais adequada para encontrar bons especialistas ou tirar dúvidas. Dentro do App, a pessoa já possui um cadastro com questões relevantes da sua ficha médica, o que garante uma maior eficiência na hora de iniciar um tratamento com o médico especialista. Já o médico, pode ter seu perfil completo com todas as informações necessárias para gerar a tranquilidade e a confiança ao paciente que ainda não o conhece.