Antes de escolher um PPG, conheça as linhas de pesquisa

É importante considerar os temas trabalhados pelo programa de Mestrado ou Doutorado

MÁRCIA SCHULER

O primeiro passo para entrar em um Programa de Pós-Graduação (PPG) você já sabe: é decidir que um Mestrado ou Doutorado é a direção adequada para o seu momento profissional ou de formação acadêmica. Mas e depois, como escolher entre tantos programas diferentes? O segredo está em observar áreas de concentração e linhas de pesquisa – no caso de mestrados e doutorados acadêmicos – ou linhas de atuação – no caso dos mestrados e doutorado profissional.

Crédito: Getty

Mas vamos com calma: afinal, o que é uma área de concentração? “Trata-se de algo que todo o PPG vai seguir, todas as linhas de pesquisa ou de atuação estão incluídas na área de concentração”, explica Rodrigo Righi, coordenador do Programa de Pós-Graduação em Computação Aplicada da Unisinos.

Já as linhas de pesquisa ou de atuação representam os “temas aglutinadores de estudos científicos que se fundamentam em tradição investigativa”, conforme define o glossário do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Das linhas é que vão se originar os projetos de pesquisa de cada mestrando ou doutorando, que terão afinidades entre si. “As linhas são especificações dentro da área de concentração, cada uma atuando em um prisma diferente”, resume Righi.

Vamos a um exemplo. Na Unisinos, a área de concentração do PPG em Computação Aplicada é Modelagem e Simulação. Dentro dela, há quatro linhas de pesquisa: Engenharia de Software e Ambientes Inteligentes; Computação Gráfica e Processamento de Imagens; Inteligência Artificial; e Internet das Coisas e Aplicações Distribuídas. Se você ingressar nesse PPG e escolher a última linha, poderá direcionar sua pesquisa para a investigação de dispositivos que permitem a coleta eficiente de informações de saúde das pessoas para realizar ações de prevenção e bem-estar, por exemplo.

Por isso, antes de escolher um programa, é fundamental conhecer as linhas de pesquisa ou atuação e ver com qual delas você mais se identifica e onde seu tema de investigação encontrará mais amparo. Se você tem dúvidas de como fazer essa escolha, Righi dá algumas dicas:

  1. Fique atento às buzzwords, aqueles termos que estão em alta no momento – como Inteligência Artificial e Internet das Coisas, por exemplo.
  2. Pense nas suas maiores afinidades – se quiser ingressar no mestrado, um caminho é observar aqueles temas que mais despertaram seu interesse na graduação, por exemplo.
  3. Ao conhecer as linhas de pesquisa, procure o Currículo Lattes dos professores envolvidos com ela no PPG. Observe os projetos em que eles atuam e artigos publicados – assim fica mais fácil compreender as possibilidades da linha.

Quer conhecer nossos programas, suas linhas de pesquisa e áreas de concentração? Clique aqui.