Descobertas no Canadá

Estudante de Gestão para Inovação e Liderança mostra como é morar no país

FELIPE SCOZZIERO, ESTUDANTE
26 de Novembro de 2015 - 14:09 | Atualizado: 26 de Novembro de 2015 - 17:52

Felipe Scozziero é estudante de Administração - Gestão para Inovação e Liderança, e está no Canadá cursando o PA6 da graduação na HEC Montréal. De lá, manda notícias:

[Estudante de Gestão para Inovação e Liderança mostra como é morar no país

Ainda que não seja uma cidade europeia, Montreal transpira cultura. As ruas do Old-Port, passando pelas calçadas de pedra até a igreja de Notre-Dame, são cheias de atrações. A cidade é grande e as atrações inúmeras. O foco nas pessoas e em como melhorar a qualidade de vida é uma das preocupações principais na cidade. O circuito Jacques-Villeneuve, por exemplo, fica aberto 24 horas por dia, com iluminação nos períodos da noite para que a população possa praticar ciclismo. São incontáveis os bares e restaurantes da cidade, do centro até as áreas universitárias, a cidade é jovem, exala alegria e sempre, independentemente do dia, há atividades, festas e happy hours acontecendo.

A comunidade internacional em Montreal, assim como em todo o Canadá, é extensa, pode-se ver pelos programas internacionais das faculdades, que em sua maioria contam com estudantes estrangeiros. Só no atual semestre são mais de 400 na HEC. A propósito, a faculdade é fantástica, com estruturas modernas e salas altamente tecnológicas e com os mais diversos recursos. Isso torna a experiência ainda mais rica, um ambiente que estimula a aprendizagem e em que se pode conviver com incontáveis culturas e experiências de vida diferentes.

[Estudante de Gestão para Inovação e Liderança mostra como é morar no país

O curso, sem sombra de dúvida, conta com conceitos complexos e que exigem extensa compreensão técnica e teórica para que sejam usados. As aulas do GIL nos tópicos de produção deram uma base sólida para que fosse possível evoluir. As metodologias de estudo aqui utilizadas são visadas para a prática, e isso vale para todas as cadeiras. Sempre com casos reais e exercícios que simulam o dia a dia da empresa.

Atualmente, no local de estada (EVO Vieux-Montreal), a totalidade dos inquilinos é estrangeira. É um lugar em que estudantes do mundo inteiro se hospedam para terem aulas no Canadá. Networking e estar aberto para novas experiências são palavras de ordem aqui e todos parecem segui-las à risca.