Um dia para experimentar profissões na Unisinos

Evento Unisinos Conecta Porto Alegre oportunizou aos estudantes práticas dos cursos de graduação da Universidade

LORENZO PANASSOLO, MATHEUS N. VARGAS E LISANDRA STEFFEN - AGEXCOM

Escolher qual graduação cursar nem sempre é uma tarefa fácil. São tantas opções de carreiras que ficamos confusos na hora de decidir por qual caminho seguir. Por isso, para oportunizar o contato com a Universidade, esclarecer dúvidas sobre cursos e ajudar alunos do Ensino Médio a escolher suas profissões, a Unisinos promoveu nesta sexta-feira (28/06), o Evento Unisinos Conecta Porto Alegre.

Mais de 900 estudantes de diferentes escolas do Rio Grande do Sul movimentaram o campus da capital. Durante o dia, eles experimentaram 71 oficinas e aproveitaram 110 ofertas para conhecer os cursos da Unisinos e sua estrutura. Além disso, trocaram ideias com veteranos da Universidade, realizaram testes de orientação profissional e muito mais.

Nesta edição, duas atividades especiais foram preparadas para os participantes do Evento Conecta. Localizado no Espaço Luis Fernando Veríssimo, três totens disponibilizavam um Quiz interativo para os estudantes realizarem. Após a conclusão do questionário, era liberado um relatório com duas sugestões de “trilhas”, indicando possíveis oficinas e atividades que eles poderiam fazer de acordo com suas respostas.

[Conecta POA 2019 Crédito: Rodrigo W. Blum

“Indústria Criativa eu estava esperando, mas Gestão e Negócios não. Eu me interesso muito por Design”, declarou a estudante Sarah Duarte, do Colégio Adventista de Viamão. Já João Vitor Mairesse, também do Colégio Adventista, se surpreendeu muito com os resultados. “Deu Escola de Saúde duas vezes, e eu penso em fazer Engenharia Mecânica ou Arquitetura”, explicou. 

A outra atividade era o Game. Relacionada ao conceito principal da Unisinos Lab — que existe 10 competências fundamentais para o profissional do futuro —, os estudantes foram incentivados a começar a desenvolvê-las durante o próprio evento. Em todas as oficinas era disponibilizado um QRcode para os alunos “escanearem” com a câmera do seu smartphone. E com isso, eles somavam pontos nas competências da Unisinos Lab relacionadas às suas atividades realizadas no Evento Conecta.

Anderson Lecine, aluno de Medicina, foi um dos muitos graduandos que ajudaram na execução das oficinas. “Esse tipo de experiência é fantástica para os alunos de Ensino Médio, porque permite que tenham uma prova do que eles vão estudar e praticar durante o curso”, explicou o futuro médico, que participou da oficina Suporte básico de vida. Ao ouvir as dúvidas dos estudantes, Anderson diz que se reconheceu quando ainda estava pensando em entrar no curso. “O Conecta é significativo, pois os alunos que participam estão prestes a tomar uma decisão importante sobre o futuro profissional deles”, comentou.

Fabricação Digital: Impressão 3D

Vamos desenhar e produzir um protótipo do seu personagem favorito? Na oficina “Fabricação Digital: Impressão 3D” dos cursos de Design e Design de Produto, os estudantes aprendiam como funcionava uma impressora 3D, desde seu planejamento e produção do item escolhido. E no final, eles manuseavam os protótipos para visualizar de perto o que havia sido construído.

“Eu estou com dúvida entre Design Visual e Design de Produto. Me disseram que a Unisinos consegue englobar várias áreas e conceitos durante a graduação em Design, e é por isso que estou participando do evento de hoje. Conversei com o coordenador do curso sobre as disciplinas, horários e a respeito da Impressão 3D, desde sua funcionalidade e aplicação no curso. Eu sempre gostei de desenhar e me considero uma pessoa criativa, e essa oficina ajudou muito para esclarecer características da área”, afirmou o estudante Eduardo Oliveira, do Colégio Elmano Lauffer Leal.

Adeus Estetoscópio! Olá Ultrassom!

Você já enxergou um coração no aparelho de ultrassom? A oficina “Adeus Estetoscópio! Olá Ultrassom!” teve a intenção de mostrar para os estudantes como os profissionais de Medicina observam o principal órgão do corpo humano. Com o aparelho de ultrassom em mãos, os participantes Evento Conecta experimentaram na prática a ferramenta que possibilita ver os movimentos do coração.

[Conecta POA 2019 Crédito: Rodrigo W. Blum

“É a minha primeira vez aqui no conecta e eu já tinha marcado para participar da oficina de Medicina. Me interessava muito ver como um ultrassom funciona, pois minha mãe trabalha com isso e sempre pensava em como os médicos conseguiam decifrar os “borrões” das imagens. Durante a oficina, fiquei intrigada quando enxerguei o coração do colega batendo ao utilizar o aparelho. É um órgão muito fascinante e encantador”, declarou a aluna Nicole Mostardeiro, do Colégio Monteiro Lobato.

Orientação Profissional

Os estudantes que precisavam de uma ajuda extra na escolha de suas profissões acharam uma solução na oficina “Orientação Profissional”. Durante a atividade, eles realizaram um teste de interesses desenvolvido pelo Unisinos Carreiras, com intuito de fomentar e expandir suas opções de graduações. E no final, os alunos debateram os resultados obtidos durante o questionamento, compartilhando conhecimento e informações de forma colaborativa.

“Eu estou gostando muito do Conecta, pois consegui conhecer os cursos que eu pretendo fazer Enfermagem, Geografia e Publicidade e Propaganda. A orientação profissional ajudou na questão de reafirmar quais são minhas prioridades, sendo Enfermagem minha primeira escolha. O resultado do teste deu que eu sou uma pessoa muito preocupada com causas sociais, o que é verdade, pois realizo trabalhos voluntários dentro e fora do país. A oficina de orientação ajudou muito para eu tomar minha decisão final”, contou o estudante Bernardo Lisbinski, do Colégio Adventista de Viamão.

Você no Telejornal

Quem nunca pensou em ser um apresentador de televisão? Na oficina “Você no Telejornal”, os participantes do Evento Conecta gravaram um programa dentro do Estúdio de TV da Unisinos e participaram da edição final da exibição. A atividade foi protagonizada pelo curso de Jornalismo e despertou o interesse artístico e profissional de diversos estudantes do Ensino Médio.

[Conecta POA 2019 Crédito: Rodrigo W. Blum

“Eu sempre gostei muito de interpretar e escrever, e essa oficina me fez ficar na frente de uma câmera profissional. Gravei um programa de televisão e o resultado ficou incrível, a qualidade de imagem é muito boa. Eu também adoro apresentar trabalhos no colégio e na atividade não foi diferente, ainda mais que dava para ler as falas no visor da câmera. Foi bem fácil e interessante, pois Jornalismo é uma das minhas opções de carreira”, afirmou a aluna Bárbara de Almeida Severo, do Centro de Ensino Médio Tiradentes.

João Quaresma que participou de várias oficinas oferecidas pela Escola da Indústria Criativa estava muito animado. “Acho que consegui escolher o curso e a universidade que vou me dedicar no próximo ano”, revelou o estudante.

Suporte Básico à Vida

Saber prestar os primeiros socorros é determinante na hora de salvar uma vida. Pensando nisso, o curso de enfermagem ofereceu um treinamento para os estudantes de ensino médio que se interessaram pelo tema. Foram disponibilizados bonecos para que os estudantes treinassem a massagem cardíaca e equipamentos básicos de primeiros socorros como desfibrilador e máscara para respiração boca a boca.

“O professor foi bem objetivo e tivemos a parte teórica e prática. Na parte prática eu entendi como eu posso ajudar uma pessoa em uma situação de emergência. Esse primeiro contato que estamos tendo com os cursos sem dúvida nos ajuda, pois eu desejo cursar algo na área da saúde, mas também nos deixa com uma pulga atrás da orelha, pois conhecemos outras áreas”, afirmou a estudante Laura Rabelo, do Colégio Estadual Emano Lauffer.

Já Daniele Peixe, que no Evento do ano passado havia se interessado no curso de Farmácia, participou das oficinas promovidas pelos cursos de Design, Nutrição, Farmácia e Medicina. Ela pesquisou mais sobre o curso, já que queria algo na área da saúde, e, depois das oficinas deste ano, ficou mais segura. “Eventos como esse são essenciais, pois ajudam a gente a entrar em contato prático com diferentes profissões”, avaliou Daniele.

Julgamento de uma Corte Arbitral

Estudantes do ensino médio participaram de uma simulação de uma corte arbitral real, organizada pelo curso de Direito. Em 2005, uma participante entrou com um pedido de indenização contra o Show do Milhão, pois, ela se recusou a responder uma pergunta mal elaborada, assim, sendo eliminada do programa. Coube aos estudantes definirem se ela receberia o dinheiro que pedia ou se não merecia.

[Conecta POA 2019 Crédito: Rodrigo W. Blum

“Essa experiência de estar conhecendo os cursos é muito legal. A simulação de um julgamento só me fez ter mais certeza do curso que eu quero, eu até já aprendi várias palavras novas”, contou o aluno Josué Bernardo, do Colégio Estadual Emano Lauffer.

Quem quer ser milionário?

A proposta da oficina era trazer para os estudantes do Ensino Médio é ideia e a vivência do que é um dia no mercado. Para isso, foram usados dois jogos, Fortuna e Jogo Leilão de Imóveis, ambos simulam situações de mercado e têm o objetivo de acumular maior quantia de dinheiro até o final. Para que isso seja possível, eles precisam abrir uma empresa, pagar impostos, oferecer o melhor serviço, trabalhar com prazos e acumular capital de giro. Ao invés de ser apenas falado, os estudantes tiveram uma demonstração de o que são Ciências Econômicas.

[Conecta POA 2019 Crédito: Rodrigo W. Blum

“Minhas opções são bem diversas, quero Medicina, Ciências Econômicas e também penso em Administração- Comércio Exterior e essa oportunidade de conhecer os cursos é muito legal”, afirmou a estudante Maria Eduarda Caliari, Colégio Tiradentes da Brigada Militar.

Maquetes em Arquitetura

Maquetes são muito importantes na hora de desenvolver um projeto arquitetônico. Pensando nisso, o curso de Arquitetura visou trabalhar a criatividade e o trabalho em equipe. Os estudantes foram separados em duplas e cada uma pegou uma maquete de um projeto já existente, a tarefa era concluir o projeto de maneira livre. Após, cada dupla pode criar seu projeto do zero, usando as peças que estavam no projeto anterior.

[Conecta POA 2019 Crédito: Rodrigo W. Blum

“Tivemos uma visão das coisas, de como construir projetos através de blocos e tivemos nossas criatividades estimuladas. A Arquitetura é a minha principal opção, mas considero muito a possibilidade de cursar Moda”, declarou a estudante Daniela Mutton, La Salle São João.

Conceitos e Aplicações de Argamassas e Concretos

Tentando definir e explicar as diferenças de concretos e argamassa, alunos tiveram a experiência de conversar e tirar dúvidas com veteranos do curso de Engenharia Civil. Vários materiais foram expostos na bancada e os estudantes, além de ouvir as explicações, puderam senti-los.

[Conecta POA 2019 Crédito: Rodrigo W. Blum

“Esse tipo de oficina nos abre novos horizontes. Venho de uma família de engenheiros e, vejo a Engenharia como um possível curso na Universidade. Precisamos aproveitar o máximo possível essa oportunidade, pois muitos estudantes não têm a chance de conhecer um Campus como o da Unisinos”, comentou o estudante Tomas Ueda, do Colégio Monteiro Lobato.

Confira mais imagens do Evento Conecta:

Conecta 2019

Conecta 2019