SAP participa de aula na Graduação PRO

Empresa alemã é um dos cases estudados na disciplina de Desenvolvimento Pessoal e Profissional: Colaboração

MATHEUS N. VARGAS

No dia 9/11, alunos da Atividade Acadêmica de Desenvolvimento Pessoal e Profissional: Colaboração (DPP), receberam a diretora de Recursos Humanos, Adriana Kersting e a consultora senior de Recursos Humanos na SAP, Camila Piccoli. A empresa alemã é um dos cases trabalhados na Atividade Acadêmica que mostrará de que modo o mercado de trabalho e as empresas valorizam as soft skills e não somente as competências técnicas.

A professora Isa Mara Alves conta que a Atividade Acadêmica em questão é uma das que integra o currículo dos cursos da Graduação PRO. “São atividades acadêmicas compartilhadas entre alunos dos diferentes bacharelados”.

Isa Mara explica que o objetivo dessas atividades acadêmicas é o desenvolvimento de competências humanas para prática profissional em todas as profissões. “As mentorias da Graduação PRO acontecem nessas atividades. Abordamos temas como inteligência emocional, empatia, comunicação não-violenta, colaboração e desenvolvemos um plano de desenvolvimento individual com os alunos”.

Para a professora Dulce Maria Ribeiro, a presença de duas executivas da área de recursos humanos da SAP confirma a relevância das competências humanas na contratação e manutenção. “Olhar as práticas de uma Organização global como a SAP, considerando o que estamos trabalhando em sala de aula, ajudará no desenvolvimento pessoal e profissional dos nossos alunos”, afirma Dulce.

Já o professor Gustavo André Olsson acredita que a visita da SAP ajuda os alunos a terem elementos de compreensão da importância dos temas tratados em aula, assim como das expectativas que o mercado de trabalho possui a respeito dessas habilidades e competências, auxiliando na construção crítica do aluno a respeito de seu comportamento pessoal e profissional. “Creio que essas atividades potencializam a aprendizagem dos alunos especialmente pela percepção prática e concreta de como esses elementos estudados são avaliados e exigidos na prática profissional. E, por isso, os alunos acabam compreendendo melhor a importância dos temas estudados e a necessidade desse desenvolvimento pessoal e profissional que a Universidade propõe, exatamente no sentido de colaborar com a formação humana e com os profissionais do século XXI”.

A estudante do curso Fisioterapia, Vivian Soares, adora assuntos sobre desenvolvimento profissional. “Gosto de saber que existem vários profissionais com vias diferentes de sucesso e realizações, mostra para a nós, estudantes, que são muitos os caminhos possíveis a trilhar”, conta a aluna.