Aula Inaugural da ComDig traz Matheus Diniz, do Greengo Dictionary

Além de falar sobre a sua carreira profissional, o designer gráfico quer mostrar aos estudantes que é possível sim “viver” de internet

TYNAN BARCELOS - MESCLA

Se você já viu, na internet, a expressão “Caramel Turn-Can” ou “Hair Styleila Leila”, então você conhece o Greengo Dictionary. Com mais de 1 milhão de seguidores no Instagram e diversas parcerias, o perfil criado por Matheus Diniz traduz para o inglês, de forma leve e humorada, o jeitinho brasileiro de levar a vida, seja mostrando algumas situações do cotidiano ou explicando algumas características culturais do Brasil.

E é para falar sobre a trajetória do Greengo Dictionary que o curso de Comunicação Digital (ComDig) convidou Matheus para a Aula Inaugural, que será realizada no dia 26 de agosto, das 20h às 22h. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas neste link. Perto da data do evento, os inscritos receberão por e-mail dados e informações para participação.

O convidado falará sobre a sua carreira, a criação do perfil e parcerias que são desenvolvidas com grandes marcas, como Bauducco e Imaginarium – com essa empresa, aliás, o Greengo cria produtos com frases do perfil. “Já adianto que não será uma aula com slides nem nada”, brinca Matheus ao reforçar que o encontro será uma conversa e uma troca de experiências.

Da teoria à prática

Nascido e residente em Goiânia, no Estado de Goiás, Matheus Diniz é formado em Design Gráfico, com especialização em Marketing Digital. Sua experiência na área começou com um estágio, ainda na faculdade, trabalhando nas redes sociais de um aplicativo. Já formado, Matheus sentiu a necessidade de se aprofundar mais na parte teórica do design. Foi aí, então, que nasceu a ideia da página: “Eu queria aplicar na prática a teoria que eu estava estudando. Começou como um teste”, recorda Matheus.

Ele conta que jamais esperava tamanha repercussão: “O momento em que percebi que o projeto estava crescendo foi quando o perfil atingiu 10 mil seguidores. Depois de atingir 100 mil, em um mês, parei e pensei: Certo, isso está se encaminhando para ser trabalho”.