Alunos preparam-se para programas de intercâmbio

Aproximadamente 100 estudantes viajam nos próximos dias

PÂMELA OLIVEIRA
16 de Junho de 2015 - 14:58 | Atualizado: 16 de Junho de 2015 - 16:01

Uma nova leva de embaixadores da Unisinos está pronta para embarcar rumo ao exterior. Desta vez, cerca de cem estudantes de graduação e dois professores da universidade viajam para quinze países diferentes, por meio de treze programas de mobilidade acadêmica. Para dizer até logo aos alunos e orientá-los a respeito dos passos seguintes, a Unidade de Negócios e Relações Internacionais (UNRI) promoveu o Check-in Internacional nesta terça-feira, 15 de junho, no campus de São Leopoldo.

[TEXTO ALTERNATIVO DA IMAGEM

“A Unisinos tem ocupado espaços de excelência acadêmica no cenário internacional e sente-se orgulhosa de ver vocês, alunos, representando-a lá fora”, comentou o diretor da UNRI, professor Cristiano Richter. Além de parabenizar os graduandos pela conquista, ele apresentou dados sobre o processo de internacionalização da universidade e destacou que 24% dos estudantes em mobilidade cursam Administração - Gestão para Inovação e Liderança.

[TEXTO ALTERNATIVO DA IMAGEM

Carlos Matte, representante do Santander Universidades, parceiro da Unisinos na promoção de intercâmbios, destacou a importância da experiência como apoio à educação superior e deu a dica: “Aproveitem todos os momentos”. Quem soube seguir o conselho à risca, quando teve a oportunidade, foi a aluna Jéssica Appel, que passou um tempo na França e esteve no Check-in para contar aos colegas como foi esse período.

[TEXTO ALTERNATIVO DA IMAGEM

Para fechar o encontro, o professor do Unilínguas Roberto Chiodelli compartilhou algumas de suas histórias de intercâmbio com o público. Na temporada passada na Nova Zelândia, Roberto aprendeu lições importantes em relação à experiência de morar no exterior, e foram esses ensinamentos que compartilhou com os alunos na tarde de ontem - dicas sobre o que fazer quando se está sozinho, como aperfeiçoar o idioma e mesmo como lidar com imprevistos. “Passa rápido, muito rápido”, concluiu.

Quem vai

“Já havia feito mochilão, mas esta será minha primeira viagem internacional de estudos. Estou ansiosa, vai ser uma baita experiência!” Lílian Stein, aluna do Direito, conhecerá Portugal, pela Mobilidade Acadêmica Unisinos.

“Abri mão do trabalho para fazer o intercâmbio, mas não carrego um sentimento de perda, porque vou voltar, será uma conquista. Este é o momento de conhecer coisas novas, espero que dê tudo certo.” Samara Trombetta, estudante de Engenharia de Energia, passará uma temporada na França, pelo Brafitec.

“Li relatos de pessoas que ganharam a bolsa nas edições anteriores e todos adoraram a experiência, por isso, minhas expectativas estão altas. Também quero aproveitar a oportunidade para conhecer Portugal, que é perto de onde estarei.” Fernanda Fauth, graduanda de Jornalismo, contemplada pelo programa Top Espanha, viajará para Salamanca.

“Nunca estive no oriente, mas estou indo de mente aberta, pronta para as descobertas.” Cyntia Fantin, aluna do curso de Arquitetura e Urbanismo, irá para a China, pelo Top China.

“Já fizemos uma breve reunião e decidimos algumas questões, como o comparecimento às aulas e atividades oficiais do programa. Tanto para mim, quanto para as alunas, a expectativa é que se aprenda o tempo todo, com todas as pessoas e em todos os momentos. Será um situação de aprendizado constante.” Janaína Lemos Becker, coordenadora do curso de Gestão para Inovação e Liderança. A professora acompanhará o grupo de estudantes selecionadas pelo Top China.