Unitec lança programa focado no desenvolvimento regional

Iniciativa criará rede de incubadoras locais para incentivar o surgimento e a manutenção de novas empresas de base tecnológica

MICHELLI MACHADO

Na manhã dessa quinta-feira, 8/10, a Unidade de Inovação e Tecnologia - Unitec, incubadora do Parque Tecnológico São Leopoldo – Tecnosinos, apresentou o Programa +Startups: Rede Unitec de Incubadoras Locais. O lançamento oficial da iniciativa ocorreu em uma reunião no Teams com transmissão online. Participaram do encontro representantes de diversas prefeituras do Estado, integrantes da Associação Comercial Industrial (ACI) dos municípios da região e membros de polos setoriais interessados em investir no desenvolvimento regional e local.

Para a CEO do Tecnosinos e diretora da Unitec, Susana Kakuta, o programa é uma iniciativa simples, mas que traz uma contribuição real para o Rio Grande do Sul. “Nosso programa pretende criar uma rede de startups que vem alicerçada pela nossa história como Parque Tecnológico. Hoje, São Leopoldo é uma cidade tecnológica e, através desse programa, estamos convidando outros municípios, em especial de pequeno e médio porte, a participarem do nosso Parque. Desde a sua concepção, o Tecnosinos trabalha com o modelo de tríplice hélice, o que gera um grande ganha-ganha e contribui com o crescimento do Estado. Nossa primeira incubadora nesse programa será a cidade de Esteio”, destacou Kakuta.

De acordo com o presidente da Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação (Reginp), Artur Roberto Gibbon, trabalhar com inovação se tornou essencial para o Estado e para o mundo, por isso toda ação que promova inovação deve receber destaque. “Esse é um programa brilhante que vai, junto com o Inova RS, potencializar as ações que temos no Rio Grande do Sul”, enfatizou Gibbon.

Crédito: Divulgação

Para a presidente da Federação de Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul), Sinome Leite, essa união entre a academia, o setor privado e as prefeituras é muito produtiva. “Nós precisamos melhorar o ambiente empreendedor possibilitando que as pessoas tenham oportunidades, em especial nesse momento de crise que estamos vivendo”, reforçou. Leite.

O presidente da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), Emanuel Hassen de Jesus, destacou a importância do programa para todas as cidades. “Fiquei contente porque o projeto apresentado é viável também para os municípios pequenos, que sozinhos não teriam condição de promover ações nesse sentido, em especial nesse ano de pandemia”, ponderou Hassen.

O secretário de Inovação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul, Luís Lamb, parabenizou a realização de mais uma entrega por parte do Tecnosinos e da Universidade. “As parceiras que a Unisinos sempre fez com as prefeituras e o governo do Estado não são uma novidade e são exemplares para o desenvolvimento da região. Peço que a Unisinos siga sendo esse exemplo de contribuição social e de inovação para o Rio Grande do Sul”, afirmou Lamb.

O reitor da Unisinos, Pe. Marcelo Fernandes de Aquino lembrou que a as universidades comunitárias são um dos grandes ativos do Estado e que um bom número delas têm seus parques tecnológicos. “O Rio Grande do Sul, pelas suas universidades comunitárias e parques tecnológicos, tem uma grande oportunidade de renovar a pujança que o Estado já teve na Federação. Vamos nos abraçar e dar passos em busca de um Rio Grande do Sul culturalmente, politicamente, economicamente, robusto e sadio. Vamos combinar o nosso jeito de ser com um trabalho sério. O desenvolvimento regional é uma dimensão do nosso projeto estratégico da Unisinos liderado pela Susana, de modo que as comunidades locais se tornem parceiras no projeto de alavancar o Rio Grande do Sul”, finalizou o reitor.

Sobre o Programa +Startups

O Programa +Startups: Rede Unitec de Incubadoras Locais criará uma modalidade de incubação híbrida, que será direcionada a agentes externos, como prefeituras e polos setoriais, que estejam interessados em alavancar o desenvolvimento regional ou local através do surgimento e maturação de novas empresas de base tecnológica. Nessas novas unidades, a Unisinos também poderá disponibilizar outros serviços de educação, como por exemplo, polos de educação a distância, cursos de extensão e projetos corporativos.

A iniciativa tem como objetivo fomentar o desenvolvimento de startups em todo o Rio Grande do Sul e oportunizar aos municípios a inserção na economia do conhecimento, como opção à economia local, possibilitando a participação de empresas de base tecnológica, sediadas nas cidades parceiras, no programa de incubação da Unitec. Além de promover a retenção de jovens talentos na região.