Unisinos recebe prêmio Expressão de Ecologia

Projeto destaque foi o Horta Mãe-da-Terra Educação Ambiental e Cidadania

MICHELLI MACHADO

Na última sexta-feira, 31/8, o Fórum de Gestão Sustentável 2018, produzido pela Editora Expressão, premiou os 29 projetos sociais que se destacaram na área de ecologia da região Sul. O projeto Horta Mãe-da-Terra Educação Ambiental e Cidadania, do Programa de Ação Socioeducativa na Comunidade – Pasec, da Unisinos, foi um dos vencedores. 

O prêmio, que está em sua 25ª edição, busca divulgar ações ambientais das empresas da região Sul do Brasil e incentivar que outras sigam o mesmo caminho. As instituições vencedoras receberam o Troféu Onda Verde, criado pela artista plástica Elke Hering, e considerado a premiação ambiental mais importante da região Sul.

[PASEC é premiado Crédito: Roberto Caloni

Números

A iniciativa atendeu, em 2017, cerca de 60 crianças e adolescentes, em atividades realizadas três vezes por semana. Nesse período, 32 mil mudas de hortaliças foram plantadas e 15 mil litros contínuos de água da chuva foram utilizados para irrigação da horta. Além disso, foram realizados quatro mutirões socioambientais envolvendo a comunidade escolar e diversos setores do poder público e foram distribuídas aproximadamente 2 mil mudas de chás e temperos para a comunidade. A cada semestre, 14 estudantes da Unisinos dos cursos de Biologia, Nutrição, Psicologia e Serviço Social participam do projeto.

Com a palavra o Pasec

O coordenador do Pasec, Gelson Fiorentin, conta que as atividades do projeto iniciaram em março de 1993, na época com o nome de Prumo. E só em 2008 recebeu o nome de Programa de Ação Socioeducativa na Comunidade. “Estar entre os projetos escolhidos pela editora Expressão Ecológica representa o reconhecimento pelo trabalho contínuo desenvolvido ao longo dos 25 anos de atividades do programa. Um estímulo para a equipe e, especialmente, para os participantes”, afirma.

A assistente social do Pasec, Adriani Farias, diz que o prêmio significou o empoderamento dos participantes. “Receber esse prêmio foi muito importante, é o reconhecimento de um trabalho em equipe, comprometimento com a comunidade, com o meio social e, o mais importante, a valorização do sujeito ecológico”, destaca.

Para o aluno da escola Santa Marta e participante do programa o prêmio foi uma alegria. “Tinha muitos projetos bons e que fazem a diferença. O Pasec mudou a minha vida, mexendo na terra e plantando”, finaliza.