Setembro Amarelo​ no PAAS

Projeto de Atenção Ampliada a Saúde segue com os atendimentos em meio à pandemia

LAURA BLOS

Com a chegada do mês de setembro, uma importante discussão é levantada: a importância da saúde mental e da preservação da vida. O caos e o isolamento social provocados pela pandemia do novo coronavírus aumentam ainda mais a preocupação com a saúde mental e física da população.

A Unisinos, desde 1996, conta com o Projeto de Atenção Ampliada a Saúde, o PAAS, que oferece atendimento à comunidade nas áreas dos cursos de Psicologia, Enfermagem e Nutrição, realizando acolhimento e atendimentos, seja em grupos, familiar ou de casal. "Para ter acesso ao PAAS, as pessoas devem fazer uma inscrição em data previamente determinada e depois aguardar serem chamadas para o acolhimento. Entretanto, dada a situação atual de pandemia da COVID-19, não estamos fazendo novas inscrições. Devido ao isolamento social, mantivemos os nossos atendimentos online, e seguimos acolhendo novas pessoas, mas somente de demandas internas, ou seja, encaminhamentos de outros projetos sociais do CCIAS (Centro de Cidadania e Ação Social) da Unisinos e de outras ações do PAAS. Pois, além dos atendimentos individuais também temos diversas ações de inserção na rede de São Leopoldo, como os atendimentos em duas UBS (Cohab Duque e Padre Orestes) e também na Vara de Violência Doméstica do Fórum de São Leopoldo. A maior parte das nossas atividades foram preservadas e são mantidas de forma remota", destaca a coordenadora do projeto, Rosana Cecchini Castro.

Além disso, o PAAS usa de parcerias para continuar auxiliando a comunidade. "Como não estamos realizando novas inscrições para a comunidade externa, usamos um outro recurso para que as pessoas não fiquem desassistidas, que são os encaminhamentos para os nossos profissionais credenciados. São psicólogos e nutricionistas já formados, que realizaram uma trajetória de estágio de excelência e que possuem um convênio conosco, permitindo que as pessoas encaminhadas aos profissionais credenciados pelo PAAS possam pagar um valor social acessível para o atendimento indicado," explica Rosana.

Somente entre os meses de junho e julho, a equipe do PAAS realizou 262 atendimentos remotos e de março até julho 78 pessoas foram encaminhadas aos profissionais credenciados junto ao projeto. Para mais informações sobre o PAAS, o contato pode ser realizado através do telefone (51) 3590-8418 ou do e-mail paas@unisinos.br