Curso de Jornalismo recebe homenagem em São Leopoldo

Sessão Solene na Câmara de Vereadores ocorreu em 8 de abril

GABRIELA STÄHLER

Na última segunda-feira, 8/4, o curso de Jornalismo da Unisinos recebeu uma homenagem na Câmara de Vereadores de São Leopoldo. A Sessão Solene foi uma celebração ao Dia do Jornalista, comemorado no Brasil em 7 de abril. A iniciativa foi do vereador Julio Galperim, do Partido Social Democrático (PSD).

Na ocasião, o Jornalismo da Unisinos foi representado pelo coordenador Edelberto Behs. A sessão foi comandada por Paulo Henrique Machado, assessor de imprensa da Câmara. Também estava presente José Nunes, Diretor de Interior da Associação Riograndense de Imprensa (ARI). Tanto Machado, quanto Nunes cursaram Jornalismo na Unisinos.

“Nossos homenageados simbolizam a importância da formação dos jornalistas como veículo de aperfeiçoamento da sociedade. Sobretudo, no tocante à construção do processo de democratização das ideias”, disse o vereador Julio Galperim (PSD) ao iniciar a sessão. Ele aproveitou a oportunidade para reforçar a importância do jornalismo no combate às notícias falsas.

[Aliança para inovação Porto Alegre Crédito: Divulgação

José Nunes, durante o discurso, lamentou a falta de obrigatoriedade do diploma para jornalistas. A decisão foi tomada em 2009 pelo Supremo Tribunal Federal (STF). “Quero saudar vocês pela motivação que dão para os alunos continuarem estudando e buscando conhecimento”, disse aos coordenadores presentes.

Edelberto Behs aproveitou a ocasião para falar sobre o papel do jornalista no mundo atual e reforçar que a profissão não irá morrer. “O jornalista é um ator sensível e atento às mudanças e transformações ao seu entorno”, afirmou. Behs também comentou sobre a importância do jornalista para que as pessoas possam “gerenciar o seu cotidiano, a vida em sociedade e avaliar as perspectivas de futuro”.

O jornalista Rafael Henzel, natural de São Leopoldo, que faleceu no último dia 26 vítima de infarto, também estava convidado para o encontro. O nome dele foi mencionado durante a sessão, assim como o do jornalista Ricardo Boechat, que faleceu em fevereiro.

A atividade ocorreu pelo terceiro ano consecutivo. Em 2018, o homenageado foi o jornalista Ruy Carlos Ostermann, que nasceu em São Leopoldo e passou pela Rádio Guaíba e pela RBS. Galperim conta que faz questão de propor anualmente as sessões solenes pelo Dia do Jornalista e também pelo Dia do Advogado, celebrado em agosto.

Mais de quatro décadas de história

A graduação em Jornalismo da Unisinos existe desde 1972 e já formou mais de dois mil profissionais. Em 1995, o curso fundou a Rádio Unisinos e, em 2003 ajudou na formação da Agência Experimental de Comunicação (Agexcom). Em 2012, criou a Beta Redação, que integra matérias sobre política, economia, esportes, cultura, saúde, educação e meio ambiente. Todo o material da Beta Redação é feito por estudantes em final de curso.

A graduação já está em sua oitava grade curricular e é coordenada por Edelberto Behs e também pelo professor Micael Vier Behs. O curso de Jornalismo da universidade tem conceito 4 junto ao MEC, e é Nota 5 pelo Guia do Estudante.