7 dicas para conciliar o trabalho com os estudos

IMPULSO

Trabalhar e estudar é a rotina de muitos brasileiros, principalmente daqueles que pretendem construir uma sólida carreira profissional. Encontrar o equilíbrio entre essas duas áreas é um desafio que precisa ser encarado no dia a dia. E há como superá-lo de diversas formas, conseguindo conciliar a vida profissional e universitária, alcançando o sucesso em ambas.

Existem algumas rotinas que simplificam a tarefa de estudar e trabalhar conjuntamente. E elas podem ser traduzidas em simples dicas organizacionais, que se implementadas no dia a dia, conseguem criar um ótimo cenário para garantir um aprendizado tranquilo, eficaz e prazeroso. Vamos vê-las?

Modalidades Cursos Crédito: Divulgação

Escolha a modalidade de ensino que se encaixa na sua rotina

Os cursos EAD, Híbrido e Presencial apresentarem os conteúdos de maneira semelhante, mas há importantes diferenças na experiência do estudante.

O Ensino a Distância (EAD) promove uma vivência diferente, pois ele é transmitido através de uma plataforma digital de aprendizagem. A modalidade é uma ótima escolha para quem precisa de horários mais flexíveis no seu dia a dia, e menos deslocamentos do trabalho para a universidade, já que o curso pode ser acessado de qualquer dispositivo com acesso à internet.

O curso Híbrido também é uma excelente opção para quem busca por essa flexibilidade e menor necessidade de deslocamento. Da mesma maneira como ocorre no EAD, as aulas são através da plataforma, porém há alguns encontros presenciais pré-agendados no campus, nos quais o aluno participa de projetos e reúne-se com colegas e professores.

Já no curso Presencial, há o deslocamento do estudante até o campus, em períodos determinados pela universidade. Em contrapartida, no local há todos os benefícios da troca e contato direto com professores e colegas, sem falar de ter à disposição toda infraestrutura física da instituição, como laboratórios, biblioteca, etc.

Por isso, pesquise, converse com amigos, colegas e pessoas que fazem graduação Presencial, Híbrida e a Distância. Compare o que cada uma delas oferece e veja qual modalidade está mais de acordo com a sua rotina. Com certeza, ingressar no mundo universitário, tanto por um caminho quanto pelo outro, trará um impacto positivo tanto na sua carreira profissional como em sua satisfação pessoal.

Organização

A organização pode começar desde a criação de um local para guardar o material de estudo, até elaborar um cronograma que envolva todas as atividades que precisam ser realizadas. Além disso, um espaço de estudo que seja adequadamente organizado ajuda a manter a concentração e pode favorecer o desempenho, principalmente para quem escolhe o curso EAD ou Híbrido, quem tem a liberdade de estudar de onde quiser.

É importante lembrar que tarefas menores são mais fáceis de serem executadas, ou seja se os trabalhos exigidos pela universidade forem divididos em partes, será mais rápido de avançar em um cronograma.

Gestão do tempo

Compreender sua rotina é primordial para adaptá-la aos novos hábitos diários, acertando a sintonia entre os momentos de trabalhar e estudar. Para os estudos, a sugestão é dedicar-se aproximadamente uma ou duas horas, dividindo o tempo em sessões diárias mais curtas. No estudo a distância há uma economia de tempo, uma vez que o estudante não precisa se deslocar até o campus, evita trânsito, e pode se organizar dedicando mais períodos para aprender.

Evite fazer todas as tarefas da semana em único momento, lembre-se que é mais difícil manter o foco por períodos muito longos. Se precisar de uma ajuda virtual, um bom exemplo de agenda pode ser o próprio Google Agenda, uma ferramenta online que possibilita verificar os compromissos de qualquer lugar.

Não tente memorizar tudo

Nós achamos que podemos gravar tudo aquilo que nos é explicado. Mas é muito difícil lembrar de todas as coisas que aprendemos ou que precisamos fazer. Por exemplo, quem opta pelo curso Presencial, pode anotar os pontos mais relevantes da aula, mesmo que seja em forma de tópicos, para ter um guia para os estudos.

Já para os alunos da graduação EAD e Híbrida, podem aproveitar os fóruns disponíveis na plataforma digital para compartilhar com os colegas e professores aqueles pontos nos quais precisa de reforço.

Tenha sempre uma rede de apoio em sua trajetória

Sabe aquele ditado de que um caminho compartilhado se torna mais leve e propositivo na busca de nossos objetivos? Utilize dele com pessoas que fazem a diferença em sua vida e que podem somar na sua trajetória.

Seja transparente sobre as suas responsabilidades, converse sobre seus prazos e suas principais dificuldades — e também virtudes — no conciliamento de estudo e trabalho. Seus amigos, família e colegas de trabalho e de faculdade não vão conseguir abraçar os seus compromissos, mas vão ser ótimos motivadores para que você não desista de seus deveres e sonhos de vida.

Talvez você esqueça, na rotina agitada do dia a dia, mas uma rede de apoio é fundamental para lembrarmos que não estamos sozinhos em nossa caminhada e que conversar sobre o momento em que nos encontramos é essencial para vermos outras possibilidades e rotas para seguir. Por isso, encontre a sua rede e faça dela a sua melhor companhia.

Use no trabalho aquilo que está aprendendo

Uma coisa muito legal de trabalhar e estudar, independente da modalidade de ensino escolhida, é a possibilidade de aplicar aquilo que se aprende na teoria, diretamente na prática. O aprendizado não se trata somente de tirar boas notas nas provas, mas sim em compreender os conceitos e descobrir como eles podem serão utilizados para solucionar problemas reais. Trazer questões profissionais para o âmbito universitário e vice-versa, no intuito de encontrar as melhores soluções, pode ser uma excelente maneira de aperfeiçoar conhecimentos e práticas.

Reserve momentos para relaxar

Tão importante quanto o trabalhar e o estudar, é garantir as horas para descansar, pois períodos para lazer e relaxamento ajudam a reduzir o estresse. Fatores como ter boas noites de sono, cuidar da alimentação, investir um tempo na vida social, terão impactos positivos tanto no desempenho universitário, quanto no rendimento profissional.