Next.n desenvolve aparelho que emite aviso de descarga elétrica

Startup do Tecnosinos inova ao trazer para o mercado equipamento que pode salvar vidas

DIVULGAÇÃO - TECNOSINOS

Foi com a preocupação de salvar vidas que a Next.n nasceu. A startup, incubada na Unidade de Inovação e Tecnologia – Unitec, surgiu com uma ideia inovadora: criar um aparelho que fosse capaz de avisar que equipamentos estão liberando descargas elétricas. O administrador e CEO da empresa é Rodrigo Goulart Coutinho. Formado em administração com ênfase em economia, também cursou engenharia elétrica e já trabalhou no setor anteriormente.

Crédito: Divulgação/Tecnosinos

Rodrigo explica que a ideia surgiu a partir de dados sobre quantas pessoas morrem eletrocutadas no Brasil por ano. O CEO conta que, só em 2021, 1978 pessoas já morreram no Brasil por causa de choques. Deste número, cerca de 15% são trabalhadoras domésticas que falecem enquanto mexem em equipamentos como máquinas de lavar. Por isso, a ideia foi desenvolver um equipamento que pudesse gerar um alerta a fim de evitar acidentes fatais. “Não é um dispositivo de segurança porque ele não evita que a descarga aconteça, mas ele alerta quando ela ocorre”, explica Rodrigo.

A ideia foi criar um dispositivo que possa ser fixado em aparelhos eletrônicos e que emita um alarme sempre que houver uma descarga elétrica. “Assim a gente evita que a pessoa encoste e ainda ganha tempo para desligar o aparelho e evita tragédias”, explica Rodrigo.

Sobre o equipamento

Com previsão para ser lançado em setembro de 2021, o detector de tensão inteligente - NX001, inicialmente, será oferecido para indústrias e supermercados. “Acontecem muitas descargas elétricas em supermercados, principalmente nos freezers”, alerta Rodrigo. Por isso este nicho vem sendo explorado. Futuramente, Rodrigo pensa em desenvolver um dispositivo para finalidades domésticas.

Por ser um produto totalmente inovador, decisões simples, como definição de preço, levam mais tempo para serem tomadas. “Não tenho parâmetros para ter como base. Então estamos fazendo várias pesquisas para ver como o mercado reagiria”, disse o CEO.

Uma segunda fase também já começa a ser desenhada. A ideia é elaborar um sistema que interligue diversos aparelhos e que emita uma notificação online para os responsáveis dos estabelecimentos quando as descargas elétricas acontecerem. Assim, as informações ficarão salvas na nuvem e podem contribuir para o melhoramento do sistema elétrico.

Sobre a Next.n

A startup começou a ser desenvolvida dentro da sala de aula durante as disciplinas do curso de administração da Unisinos e, desde 2020, está na incubadora do Parque Tecnológico São Leopoldo - Tecnosinos. Os impactos da pandemia também chegaram no setor de tecnologia. A falta de insumos provocada pela crise sanitária gerou uma série de atrasos no andamento do projeto, adiando o lançamento do produto em alguns meses para o mercado consumidor.