Cluster alemão aposta em núcleo de tecnologia em saúde no Tecnosinos

Oportunidade trará empresas inovadoras com foco na área de ciências médicas

DA REDAÇÃO
25 de Fevereiro de 2015 - 16:58 | Atualizado: 26 de Fevereiro de 2015 - 10:34

Em missão, na Alemanha, o prefeito de São Leopoldo, Aníbal Moacir, a CEO do Tecnosinos, Susana Kakuta, juntamente com diretoria do Sistema de Saúde Mães de Deus e representantes da Unisinos, participam do Medical Valley Summit, evento que ocorre de 23 a 26 de fevereiro. O principal objetivo é apresentar o Tecnosinos e São Leopoldo para as empresas participantes do evento e realizar reuniões e visitas específicas em empresas potenciais investidoras, a fim de firmar a parceria com cluster alemão para a criação do “Vale da Saúde”, na região do Vale dos Sinos. A viagem à cidade de Erlanger, na região da Bavária, permitiu o contato direto com empresas do setor da saúde, que fazem parte de um cluster de mais de 500 companhias.

[Ideia de implantar um cluster no Tecnosinos já está em andamento

Em sua palestra, a CEO do Tecnosinos, Susana Kakuta, falou sobre “Parques Tecnológicos no Brasil como parceiro Colaboração para empresas alemãs”. Dentro do assunto, introduziu o Tecnosinos, a Unisinos e a cidade de São Leopoldo. O evento contou com a participação de potenciais investidores do cluster da saúde da localidade.

Após, em reunião com o Dr. Siefried Balleis, ex-prefeito da cidade de Erlangen e idealizador do Medical Valley Center, ficou acordado que, até o mês de junho, São Leopoldo receberá os dirigentes para aprofundar as ações para a criação do Vale da Saúde na Região do Vale dos Sinos. A ação de desenvolvimento e implementação do "Vale da Saúde" por parte do governo alemão está sendo implementada em três países: Brasil, China e Estados Unidos. No Brasil, o local escolhido é o Tecnosinos.

Kakuta afirma que todas essas ações de implementação do Vale da Saúde no Tecnosinos vêm sendo desenvolvidas de forma conjunta entre a Universidade, o Parque, o Sistema de Saúde Mãe de Deus e a prefeitura de São Leopoldo, de uma forma coordenada, que vem ao encontro de todas as iniciativas voltadas para a saúde que fazem parte das metas da Unisinos.

O Tecnosinos e o município são parceiros estratégicos. Segundo o Prefeito Aníbal Moacir,"a meta é transformar São Leopoldo em uma Erlangen, gerar empregos de alta tecnologia e melhorar de forma consistente a saúde no município".