Food Design Innovation

Entre as temáticas abordadas pelo curso está o turismo gastronômico

MICHELLI MACHADO

Conhecer uma cidade ou um país vai além de apreciar sua história e arquitetura, passa por experimentar a gastronomia típica de cada local. Com foco nessa realidade, o curso de Food Design Innovation aborda, entre suas temáticas, o turismo gastronômico.

“A relação entre cultura e gastronomia é muito interessante e pouco explorada. A gastronomia é o caminho mais próximo para descobrir a cultura de um povo. Temos que observar a relação de cada povo com os alimentos”, destaca o coordenador do curso, Giulio Palmitessa.

Food Design é um processo criativo para o desenvolvimento de uma nova experiência de consumo. E as bebidas ganharam destaque no cenário gastronômico dos últimos anos. “Os vinhos e espumantes, nos últimos cinco anos, mudaram, avançaram, se aprimoraram, e o food design é um dos responsáveis, já que vê a gastronomia além do produto, ao procurar os elementos mais importantes na hora de projetar", afirma.

[Food Design Crédito: Getty Images

Segundo o professor, o profissional deve olhar para cidade com foco na gastronomia típica de cada da região e o curso auxilia nesse direcionamento. Sendo assim, o contexto alimentar de cada local e a possibilidade que cada região tem de versar sobre um tipo de indústria ou consumo alimentar deve ser observado. “Esse olhar é transversal, pois o conceito de valorização do terroir brasileiro, por exemplo, será abordado como cultura projetual para inovação de seus produtos e serviços”, enfatiza, ao falar do crescimento de atividades na serra gaúcha, principalmente no Vale dos Vinhedos, no campo da enogastronomia.

Mais sobre o curso

A especialização foi criada para capacitar profissionais, empresários e interessados, com uma cultura de inovação orientada pelo design e aplicada ao segmento food. “O curso possibilita refletir acerca dos novos modelos de negócios no mercado alimentício a partir das dinâmicas nacionais e internacionais”, explica o coordenador.

Para Palmitessa, a compreensão dos atributos culturais e mercadológicos dos produtos e serviços ligados ao mercado de turismo, alimentação e experiência gastronômica prepara os profissionais para criar e inovar em negócios ligados a operações alimentares e gastronômicas. “Esse curso analisa tendências e contextos de mercado, buscando identificar oportunidades de inovação na indústria alimentícia. Assim, a partir do entendimento sobre a evolução na tecnologia de alimentos, o profissional é incentivado a desenvolver projetos de negócios orientados a novos contextos alimentares”, destaca.

O curso ainda aborda outras temáticas atuais, tais como slow food, práticas de degustação, packaging, e gestão de marcas em contextos alimentares específicos – enogastronomia, cervejas artesanais, doces regionais. Ficou interessado? Saiba mais sobre essa especialização e inscreva na página Food Design Innovation.