Tudo pronto para Medicina

A melhor Graduação privada do Brasil, segundo MEC, agora com curso de Medicina

MICHELLI MACHADO

Na terça-feira, 1/8, serão realizados o ato de credenciamento e a autorização dos cursos de Medicina do Edital 6/2014, em Brasília. “A Unisinos celebra esse momento, que fecha um ciclo de 5 anos na busca pelo curso de Medicina”, destaca o diretor da Unidade Acadêmica de Graduação, Gustavo Borba.

Borba explica que a Unisinos vem trabalhando para construir um excelente curso de Medicina, inserido no contexto de saúde da região. “Montamos um projeto político-pedagógico inovador, com integração entre as atividades, uso de tecnologia e conexão com a rede de atenção à saúde do município e da região. Já estamos com os laboratórios e a infraestrutura da universidade montados, e a equipe docente contratada”, afirma.

O projeto de curso se diferencia por sua proposta pedagógica, com um processo de formação acadêmica desenvolvido a partir de metodologias ativas de ensino e aprendizagem e inserção na rede de saúde a partir do primeiro semestre. Além disso, os alunos terão acompanhamento de professores por meio de tutoria individual.

[ Alunos participando de aula pratica no laboratorio de medicina. Crédito: Roberto Caloni

“O curso terá como foco a formação de profissionais com perfil humanista, com ênfase nas competências e nas habilidades interpessoais, na valorização da relação médico-paciente. As dimensões filosófica, social e psicológica do trabalho do médico também serão prioridade”, ressalta a coordenadora da graduação em Medicina, Nêmora Barcellos.

De acordo com a professora, um trabalho conjunto com os gestores municipais vem sendo permanentemente desenvolvido para que o acolhimento dos alunos e o processo de ensino sejam o mais qualificado possível.

O curso de Medicina nasce no ecossistema da Escola de Saúde da Unisinos, que oferta 10 cursos de Graduação, 4 Mestrados, 2 Doutorados e 4 Especializações, além de inúmeros cursos de curta duração e eventos de extensão na área. A infraestrutura está equipada com 23 laboratórios, nos quais foram investidos cerca de R$ 8 milhões de reais.