PRASJUR assina termo de cooperação com Defensoria Pública de Canoas

Estudantes poderão fazer seus estágios obrigatórios no Órgão Público

MATHEUS N. VARGAS

Na última sexta-feira - 21/06, ocorreu na sala do PRASJUR, no Campus São Leopoldo, a assinatura da Minuta do Termo de Cooperação Técnica entre a Defensoria Pública da União Canoas e a Unisinos. O objetivo desta parceria é estabelecer a participação conjunta na realização de programa de Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório de estudantes do curso de Direito sem vínculo empregatício, na área de Acesso à Justiça e Cidadania. 

Na ocasião, estiveram presentes os coordenadores do curso de Direito, André Luiz Olivier e Gustavo André Olsson, a coordenadora do PRASJUR, Maria Alice Rodrigues, a Gerente de Serviços Acadêmicos, Carmen Copetti, a Analista de Relações com o Mercado, Maricéia Machry e, os Defensores Públicos Federais, Dr. Jonatan Braun Ledesma e Dr. César de Oliveira Gomes. 

[Assinatura Prasjur DPU Canoas Crédito: Divulgação

O Defensor Público Jonatan Ledesma, falou sobre as atribuições que serão dadas aos futuros estagiários. “O estudante irá fazer atendimento à população carente, minutas de peças jurídicas (petições inicias, recursos e etc), envolvimento com a realidade da população hipossuficiente envolvendo material como direito penal, saúde, habitação, previdenciário, eleitoral e demandas coletivas”, afirma Jonatan. 

A coordenadora do PRASJUR comentou sobre a experiência que os estudantes terão. “Eles terão a oportunidade de fazer estágio em um Órgão Federal, atenderão demandas que não teriam aqui”, explica Maria Alice. 

André Luiz também comentou sobre a importância dos estágios obrigatórios. “É ali que os estudantes têm a vivência da profissão que eles terão no futuro”. O coordenador do curso de Direito também falou que é muito importante o estudante buscar estágios antes do obrigatório, pois, segundo ele, os conhecimentos teóricos só são fixados na prática. 

[Assinatura Prasjur DPU Canoas Crédito: Divulgação

Sobre o PRASJUR

O Programa de Práticas Socio Jurídicas, o PRASJUR, é um espaço de formação profissional para a realização das atividades de estágio curricular obrigatório e não obrigatório dos cursos de Direito, Serviço Social e Psicologia, e presta assistência jurídica gratuita às pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica. O trabalho é realizado em conjunto pelos alunos e professores dos cursos envolvidos.

O principal objetivo acadêmico do PRASJUR é possibilitar aos alunos dos cursos de Direito, Psicologia e Serviço Social a realização de estágios curriculares, obrigatórios e não obrigatórios, e também a participação em oficinas de Práticas Jurídicas. Desse modo, busca a qualificação dos acadêmicos, propiciando aprendizado das práticas socio jurídicas e da ética. Destaca-se, ainda, a articulação entre ensino, pesquisa e extensão, valorizando a prática inter e transdisciplinar e a produção de trabalhos científicos que decorram dessas práticas.

Como projeto social da universidade, o objetivo principal é garantir acesso à justiça a pessoas em situação de vulnerabilidade social e econômica mediante a prestação de assistência jurídica gratuita e qualificada. Assim, oferece orientação para o exercício da cidadania e educação para os Direitos Humanos para este público. 

Só no ano de 2018, o PRASJUR atendeu 1.677 pessoas e realizou 7.077 atendimentos. No total, 711 acadêmicos participaram das atividades.