Educação Ambiental na prática

Estudantes de Biologia fazem saída de campo para estudar a ictiofauna

MICHELLI MACHADO

Compartilhe esta página

No último sábado, 8 de abril, um grupo de alunos da atividade acadêmica Educação Ambiental fez uma saída de campo para estudar a ictiofauna do Rio dos Sinos, no município de Caraá. A prática foi organizada pelos professores Uwe Schulz e Larissa de Oliveira, responsáveis por ministrar essa atividade na Unisinos.

[ Professores e alunos em meio a natureza Crédito: Divulgação

Segundo o professor Uwe o objetivo da saída de campo foi familiarizar os alunos com as ferramentas de motivação desenvolvidas em sala de aula. “As ferramentas para educação ambiental são caixas com fundo de vidro usadas para observar como o ecossistema funciona”, explica.

Os estudantes realizaram dois tipos de atividades: mergulho de superfície, com uso de máscara e snorkel, e observação do rio e de seu fundo, com caixa transparente. O trabalho permitiu que os alunos observassem peixes e invertebrados de diferentes espécies, já que, segundo o professor, o ecossistema de poços e água mais parada é diferente do que encontramos nas corredeiras. 

[ Professores e alunos em meio a natureza Crédito: Divulgação

A atividade é feita nas proximidades da nascente do Rio dos Sinos, onde a água cristalina facilita a observação. A saída de campo é uma prática que acontece semestralmente na disciplina de Educação Ambiental.