Rumo à China

Estudantes da Unisinos viajam em intercâmbio para o continente asiático

MICHELLI MACHADO
18 de Agosto de 2014 - 13:36 | Atualizado: 18 de Agosto de 2014 - 14:35

Quando o sol despontou no último sábado, 17 de agosto, o grupo de alunos da Unisinos que viaja para o Top China já estava organizando as malas, para a partida rumo ao continente asiático. Os estudantes foram selecionados para o intercâmbio pelo coeficiente de desempenho nas atividades acadêmicas. Participam da viagem: Bruna Görgen, Relações Internacionais, Lucas De David, Comunicação Digital, Getulio Bassegio, Administração – Gestão para Inovação e Liderança e Pâmela Oliveira, Jornalismo

[Alunos já estão na China

Antes de partirem em direção ao país chinês, a professora Elisa Thomas, que acompanha os estudantes, falou sobre sua expectativa com a viagem. “É a primeira vez que estou indo para a China. Como minha área de atuação em sala de aula e tema de pesquisa é inovação, a China é um país que tem muito a ensinar. Acredito que a proximidade com a universidade em Pequim, onde faremos o curso, bem como com outras universidades brasileiras, pode render boas parcerias. Além da parte acadêmica, a diferença cultural que vamos vivenciar na China é muito grande. Isto torna a viagem ainda mais atraente. Estou animada para conhecer as duas cidades em que vamos ficar, que são muito modernas, e ao mesmo tempo, possuem templos milenares.”

A aluna do curso de Relações Internacionais Bruna Görgen, também deu seu depoimento, e disse o que espera da viagem. “A minha maior expectativa em relação ao intercâmbio é que eu seja capaz de compreender a forma pela qual a sociedade chinesa está organizada e que a possibilitou ser um país decisivo em todos os assuntos que ultrapassam fronteiras. A China já é a principal parceira comercial do Brasil e só tem aumentado sua importância para os outros países também, então, poder extrair um pouco desse "método chinês" e aplicá-lo em benefício dos interesses brasileiros será muito gratificante”, afirmou. 

O grupo da Unisinos ficará na Peking University, em Beijing. Durante o período de três semanas, os participantes do programa farão um curso sobre sustentabilidade e gestão de recursos naturais, além de atividades culturais e passeios. No retorno ao Brasil, 07 de setembro, com certeza os estudantes terão muitas histórias para contar sobre essa experiência oriental.