Enfermagem Hospitalista: Clínica de alta complexidade

Matrículas abertas

LAURA HAHNER NIENOW

A especialização em Enfermagem Hospitalista: Clínica de alta complexidade está voltada para atuação dos enfermeiros em hospitais, mais especificamente nas unidades de internação abertas. Essas áreas, que durante muito tempo foram vistas como sendo de baixa complexidade e gravidade, cada vez mais precisam de enfermeiros que saibam identificar sinais e sintomas de complicações e, assim, implementar os cuidados de enfermagem, bem como ativar a equipe multiprofissional do hospital para o atendimento desses pacientes.

A especialização em Enfermagem Hospitalista prepara o enfermeiro para atuar em unidades de internação, garantindo a segurança do paciente, promovendo uma assistência de enfermagem baseada em evidências, contribuindo com a autonomia do enfermeiro, com o trabalho interdisciplinar e com a excelência do cuidado.

De acordo com o professor Geferson Fioravanti, para desenvolver as competências necessárias do Enfermeiro Hospitalista, a especialização oferece uma base aprofundada nas principais áreas de relevância epidemiológica: cardiovascular, neurovascular, oncologia, pneumologia, nefrologia, gastroenterologia, infectologia e transplantes. Além disso, as questões de Gestão de Equipe, Gestão de Processos Assistenciais e Gestão da Qualidade e Segurança são abordadas em disciplinas específicas. “São oportunizadas quatro ênfases na formação do enfermeiro hospitalista, que são: a cardiologia, a oncologia, a nefrologia e a neurologia. A ênfase é determinada pela opção do local de prática supervisionada, que acontece em hospitais de referência de Porto Alegre”, conta o professor.

[Unidiversidade Crédito: Getty Images

O curso ofertado pela Unisinos tem toda a estrutura do Laboratório de Simulação Realística, no Campus Porto Alegre. Esse laboratório é utilizado durante todo o curso para reforçar as competências clínicas dos alunos, que poderão vivenciar o atendimento de casos reais em ambientes tecnologicamente controlados e simulados. Deste modo, o curso coloca o aluno como protagonista no processo de aprendizagem e na construção do raciocínio clínico e tomada de decisão.

Os alunos também têm a oportunidade de realizar um curso para Inserção do Cateter PICC e punção venosa guiada por Ultrasom. Esse curso é oferecido gratuitamente pela Unisinos, e o aluno recebe um diploma de habilitação para instalação do cateter central de inserção periférica (PICC).

Ficou interessado? As inscrições estão abertas. Acesse aqui e confira.