Plágio Acadêmico

No ambiente acadêmico, – em discussão em aulas, trabalhos teóricos, projetos, apresentações, ou eventos –, fazemos referência às ideias de outras pessoas com muita frequência. Isso acontece porque o avanço do conhecimento envolve entendermos o que já foi dito, estudado ou feito sobre um determinado assunto e construirmos algo a partir disso. De diferentes formas e em diferentes graus, a ciência avança com base naquilo que já foi investigado, portanto, não há estudo que não se baseie em pesquisas prévias.

Em seus trabalhos acadêmicos, alunos, professores e pesquisadores articulam as ideias e as vozes de autores de referência, demonstrando compreensão do que foi lido e, a partir disso, desenvolvendo sua argumentação. Essas ideias e vozes referem-se a trabalhos e estudos já realizados por outros pesquisadores e autoridades da área.

Em sua caminhada na universidade, independentemente do seu curso, você será requisitado a articular as ideias de outros e demonstrar habilidades de leitura, compreensão e produção de texto em um processo de amadurecimento de seu conhecimento.

Para fazer essa articulação de forma correta e justa, você precisará deixar bem claro, em seus trabalhos, quais ideias são originalmente suas, quais ideias são suas porém derivadas das ideias de outros pesquisadores e também qual é o seu entendimento das ideias de pesquisadores da sua área. Se essa distinção não é clara, e as ideias de outros são apresentadas como se fossem suas, configura-se o plágio.

Dito de outra forma, o uso inadequado das ideias e/ou palavras de outros em trabalhos acadêmicos é uma espécie de fraude acadêmica. Ela é como um roubo das ideias e das palavras de outros.

» Acesse a Cartilha sobre Plágio Acadêmico elaborada pelo NITT (Núcleo de Inovação e Transferência de Tecnologia)

» Descubra os diferentes disfarces do plágio

 

 

Na grande maioria das vezes, o processo de escrita de um texto acadêmico exige que incluamos falas e ideias de outros autores. Essa ação exige certo cuidado, pois precisamos evidenciar quando uma ideia presente em nossa escrita é ou não é nossa.
Assim, para ajudar você na produção de textos acadêmicos, desenvolvemos este material. Com ele você entenderá como e quando fazer uso de citações, como deve incluir as referências e como as normas da ABNT devem ser utilizadas.

Descubra como produzir um bom texto acadêmico

Boa leitura!


»Política de privacidade Unisinos
Jesuítas Brasil Unisinos - Somos infinitas possibilidades