Global Game Jam movimentou o Campus Porto Alegre

Evento aconteceu no último fim de semana

RHAVINE FALCÃO

Que tal passar 48 horas desenvolvendo um jogo digital ou de tabuleiro sobre um tema surpresa junto com uma comunidade internacional? Foi isso que aconteceu, no último fim de semana, durante a maior maratona de desenvolvimento de jogos do mundo: a Global Game Jam (GGJ). A Unisinos sediou o evento no andar B do Campus Porto Alegre. A sede gaúcha está entre as cinco maiores no Brasil.

[Global Game Jam ocorreu no andar B do campus Unisinos Porto Alegre Crédito: Divulgação

“É muito satisfatório estar entre as maiores sedes mundiais e entre as maiores sedes do Brasil. Somos uma das mais antigas também, sediando desde 2012. É uma oportunidade para os nossos alunos estarem inseridos em um evento de grande relevância mundial, além de abrir a Universidade para comunidade externa, permitir que possam conhecer um pouquinho da Unisinos”, afirmou o coordenador do curso de Jogos Digitais, João Ricardo Bitterncourt.

[Global Game Jam ocorreu no andar B do campus Unisinos Porto Alegre Crédito: Divulgação

O evento reuniu desenvolvedores de jogos digitais, estudantes, interessados na área, programadores, artistas e músicos, representando diversas universidades e empresas. Em 2017 foram 108 inscritos e 26 jogos produzidos. Neste ano, foram 115 inscritos que participaram da maratona de jogos.

[Global Game Jam ocorreu no andar B do campus Unisinos Porto Alegre Crédito: Divulgação

A Global Game Jam não é uma competição, mas um espaço de colaboração. Ao final da maratona, são os próprios participantes que elegem os jogos mais divertidos. A lista final de criações é disponibilizada na página do evento.

[Global Game Jam ocorreu no andar B do campus Unisinos Porto Alegre Crédito: Divulgação