Avaliação de Infraestrutura 2017

Pesquisa realizada em agosto busca trazer melhorias para a Unisinos

COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL

Com o objetivo de conhecer a percepção da comunidade acadêmica com relação à infraestrutura, a Comissão Própria de Avaliação - CPA Unisinos realizou, no mês de agosto, uma pesquisa, via web, com alunos, professores, funcionários e tutores, para identificar os principais aspectos que deverão ser considerados no planejamento para os próximos anos.

Os resultados foram analisados por local de oferta, por meio de um conjunto de indicadores, relacionados às salas de aula, biblioteca, laboratórios, estacionamentos e espaços de convivência em geral, entre outros. O questionário foi respondido por 3.184 pessoas. A maior parte dos pontos avaliados permanecem nos mesmos patamares de outras pesquisas, aplicadas em 2013 e 2015, cujos resultados podem ser considerados bons e, alguns deles, ainda permanecem como pontos de atenção. Em relação as avaliações anteriores, houve melhora nos indicadores referentes aos itens: circular, estacionamentos e divulgação de normas de segurança nos laboratórios temáticos.

Nas manifestações abertas, as principais reinvindicações, no Campus São Leopoldo, referem-se à climatização, ao mobiliário, a manutenção em geral e aos estacionamentos.  No Campus Porto Alegre, foram apontados: a falta de locais de convivência, as poucas opções de alimentação e problemas referentes à regulagem do ar condicionado e ao ruído excessivo em áreas próximas à biblioteca.

[ Vista aérea do campus São Leopoldo Crédito: Aurora Imagens

Esses resultados foram encaminhados, pela CPA, aos gestores e algumas ações já foram panejadas e realizadas para melhorar esses aspectos nos dois Campi. Em São Leopoldo, o campus é horizontal tendo como foco a preservação e a conservação da sua área verde. Os desafios são quanto a infraestrutura das salas de aula, já que o campus é antigo. No entanto, o tema está sendo tratado no planejamento estratégico e deverá ser incluído no plano de investimentos para o próximo quadriênio. Tão logo esse processo de planejamento seja encerrado, o setor de Infraestrutura trará mais informações para a comunidade acadêmica sobre as perspectivas de melhorias no local.

Em Porto Alegre, sobre a falta de opções de estabelecimentos de alimentação, com a abertura das operações do Espaço Unisinos, esse problema está sendo gradativamente minimizado. O Espaço Unisinos já conta com uma cafeteria (18 Café) e mais outros três estabelecimentos de alimentação: Garden Pub, Borellas e Balanceado. Além disso, está previsto para o início de 2018, a abertura de três novas opções: Severo Burguer, Mó Kitchen e Grão Brasil.

A abertura do Espaço Unisinos contribuiu também para atenuar o problema de falta de locais para convivência dos alunos. A sinalização dos elevadores foi ajustada.  Em relação à regulagem do ar condicionado, a construtora Engenho Sul, responsável pela obra, está realizando um trabalho de balanceamento, buscando alternativas para conseguir regular a temperatura em todo o prédio entre 20 e 24 graus. Outros aspectos apontados também estão sendo considerados no planejamento para os próximos anos.