Unisinos forma primeiro mestre em Engenharia Elétrica

BRUNA MATTANA
18 de Janeiro de 2016 - 10:54 | Atualizado: 18 de Janeiro de 2016 - 11:07

No dia 11 de janeiro, após a defesa de sua dissertação, Jorge Luis Demoliner tornou-se o primeiro mestre em Engenharia Elétrica da Unisinos. Sua pesquisa intitulada “Método alternativo microeletromecânico de isolação de fontes de alimentação sem transformador”, foi orientada pelo professor Willyan Hasenkamp.

“Meu estudo se concentrou no uso de uma chave MEMS, ou seja, chave micro eletroeletrônica, aplicável em fontes chaveadas”, conta Demoliner, explicando que o tema é de grande importância para a indústria, pois possibilita o desenvolvimento futuro de um componente ou pesquisa relacionada a fontes e drivers, necessários em produtos eletrônicos.

Ele destaca ainda a troca de experiências com colegas, professores e bolsistas. “A troca de informações é essencial no mundo moderno, devido a constante evolução dos processos e componentes eletrônicos”, enfatiza.

“Esse trabalho é inovador e pioneiro em diversos aspectos, pois é o resultado dos esforços da Unisinos em desenvolver a área de semicondutores, com a construção dos institutos tecnológicos, que tem como objetivo aproximar a indústria e o mercado das instituições de pesquisa”, destaca o orientador da dissertação. Para o professor, a iniciativa prova que, a academia e indústria quando trabalham de forma articulada, podem gerar resultados importantes e inovadores.

Pesquisa aplicada na prática

De acordo com o coordenador do Mestrado Profissional em Engenharia Elétrica, Eduardo Rhod, a iniciativa de implantar o curso surgiu devido à necessidade de formar profissionais para a área de encapsulamento de semicondutores.

Segundo Rhod, a finalidade do curso é complementar a formação de recursos humanos para a cadeia de semicondutores local e nacional, visto que esta é uma área sem formação de pós-graduação no país. “Com esta iniciativa, a universidade cumpre com o papel de gerar conhecimento com valor agregado para uma empresa que está dentro do campus da Unisinos, a HT Micron”, pondera.

Além disso, o coordenador destaca que o mestrado profissional busca soluções práticas e inovadoras aos problemas das empresas brasileiras. “O curso é formado por uma equipe multidisciplinar, com formação acadêmica de excelência nas áreas de Engenharia Elétrica, Engenharia Eletrônica, Microeletrônica, Física, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia da Computação e Engenharia de Materiais”, finaliza.