Workshop para desenvolver ideias e ações

Evento aconteceu nos espaços da Unitec e contou com a participação do colégio São Luís, de São Leopoldo

MICHELLI MACHADO

Na manhã desta terça-feira, 06 de junho, a Unitec, no Campus São Leopoldo, foi palco de um workshop para desenvolver ideias e ações. O evento contou com a participação de 48 alunos do colégio São Luís, de São Leopoldo.

O Hackstreet é um programa que traz desafios e ideias para reinventar a cidade e melhorar a qualidade de vida das pessoas. “O Hackstreet é um workshop para ajudar o pessoal do Ensino Médio a ter ideias de intervenção urbana”, explica o dreamer da Smile Flame Gabriel Dias.

[ Alunos do colégio São Luiz interagindo no evento Crédito: Rodrigo W. Blum

Para Gabriel, a parceria entre a Unisinos e a Smile funciona porque as duas instituições têm a mesma maneira de lidar com o futuro. “A gente valoriza o discurso com ações práticas, que modifiquem a vida das pessoas e formem cidadãos capazes de melhorar o futuro e trazer um retorno positivo para a sociedade”, complementa.

Nesta edição, graduandos do curso de Arquitetura e Urbanismo ajudaram os estudantes, divididos em seis grupos, a resolverem os problemas da cidade. A atividade se dividiu em três eixos: estrutura e diagnóstico; criatividade; relevância social.

[ Alunos do colégio São Luiz interagindo no evento Crédito: Rodrigo W. Blum

Segundo a coordenadora de Marketing da Unidade Acadêmica de Graduação, Débora Martini, essa atividade ajuda os alunos do Ensino Médio a pensarem a profissão de uma nova maneira, com ideias que impactem a vida de todos. “A Smile Flame é o nosso ‘braço’ para testar projetos sociais e o nosso objetivo é que a ‘gurizada’ comece a pensar seu papel social de forma diferente, entendendo que cuidar da cidade é uma tarefa de todos”, destaca.

Neste encontro, seis ideias foram apresentadas pelos estudantes para resolver problemas específicos do município de São Leopoldo, com relação aos canteiros da cidade. As ideias buscaram contemplar sustentabilidade e acessibilidade, unindo esses ângulos com iniciativas culturais e cuidado com as pessoas e os aninais.

[ Alunos do colégio São Luiz interagindo no evento Crédito: Rodrigo W. Blum

A ideia vencedora foi a do grupo cinco, que pensou num espaço com pallets, caixa para doações de livros e reaproveitamento da água da chuva. “O objetivo principal do nosso projeto é canalizar a água da chuva e usar filtros para poder reutilizar essa água. Uma torneira poderá servir para dar água a animais de rua”, explica o estudante Guilherme Walter, integrante da ideia vencedora.

[ Alunos do colégio São Luiz interagindo no evento Crédito: Rodrigo W. Blum

Todos os alunos da escola São Luís trabalharão unidos para colocar o projeto vencedor em prática. Os estudantes terão uma verba de mil reais para desenvolver a ideia. A previsão é que o trabalho seja colocado em prática na primeira quinzena de agosto. O evento marcou a abertura das atividades do Conecta 2017.

Confira mais imagens do evento:

Hackstreet Unisinos Conecta + Smile Flame

Hackstreet Unisinos Conecta + Smile Flame