Do vinho à cerveja

Oficina sobre o tema acontece na próxima quarta-feira, 8/11

MICHELLI MACHADO

Dentro da série Quartas Tecnológicas, criada pelo itt Nutrifor, acontece na próxima semana o curso de curta duração Compostos Bioativos do Vinho e de Cervejas. A atividade é aberta tanto para quem é da área, quanto para quem é apenas um apreciador do assunto. A capacitação dura apenas uma tarde, das 13h30 às 17h30, e dá certificado aos participantes.

As Quartas Tecnológicas foram concebidas para que o estudante e o profissional tenham um momento de aprimorar os seus conhecimentos sobre a temática de cada curso.  “O diferencial dessas capacitações é que em um espaço curto de tempo o aluno se atualizará sobre os conhecimentos relacionados a temática de cada Quarta Tecnológicas, como se fosse uma Short Communication”, explica a coordenadora do itt Nutrifor, Renata Ramos.

[ Professores e representantes de escolas falam no Café Conecta Crédito: Getty Images

Sobre o curso

O curso foi criado para discutir sobre a composição de vinhos e cervejas e os compostos com atividade biológica presentes nessas duas bebidas. O objetivo principal da capacitação será entender a importância dos polifenois, presentes tanto nas cervejas quanto nos vinhos. Além disso, será realizada uma atividade prática para quantificação desses compostos nos vinhos e nas cervejas brasileiras.

“Inúmeras pesquisas demonstram que tanto vinhos quanto cervejas são ricos em polifenois e estes componentes, associados com outras moléculas podem favorecer a prevenção a diferentes doenças, principalmente cardiovasculares”, destaca o ministrante do curso, Juliano Garavaglia.

Segundo o pesquisador, vários polifenois dos vinhos e das cervejas possuem alta atividade antioxidante, anti-inflamatória e combatem radicais livres. Porém, Garavaglia alerta que ambas as bebidas possuem quantidades relativas de etanol, por isso pequenas doses são recomendadas. “Estamos iniciando estudos sobre a composição de vinhos e cervejas, com foco nos polifenois oriundos dessas bebidas, porém ainda não estamos estudando, aqui no itt Nutrifor, o efeito clínico do uso dessas bebidas em modelo humano”, explica.

Para saber mais sobre o curso fazer sua inscrição clique aqui.