Pacto por Porto Alegre

Iniciativa surgida a partir da Aliança para Inovação, o Pacto Alegre reúne universidades, iniciativa privada, governo e sociedade organizada para transformar a cidade

UFRGS

Foi realizada na tarde dessa quarta-feira, 21/11, no Centro Cultural da UFRGS, a solenidade de assinatura oficial do Pacto pela Inovação, denominado Pacto Alegre, cujo objetivo é obter o engajamento e compromisso de entidades públicas e privadas e da sociedade para tornar Porto Alegre uma cidade referência em inovação.

A iniciativa surgiu a partir da articulação da Aliança para Inovação, formada por UFRGS, PUCRS e Unisinos, em conjunto com a Prefeitura Municipal de Porto Alegre e entidades representativas da capital. A cerimônia também foi um evento de convite a um conjunto de mais de 70 empresas e entidades para se somarem ao Pacto contribuindo com sugestões, recursos e experiências para a construção conjunta de projetos e ações voltadas a transformar Porto Alegre em referência internacional e modelo de colaboração e inovação de alto impacto. O próximo passo é agregar um número cada vez maior de atores para contribuir com a iniciativa. A ideia é apresentar já no início de 2019 um elenco de projetos transformadores.

[Aliança para inovação Porto Alegre Crédito: Gustavo Diehl

Os convidados puderam conhecer a identidade visual do Pacto Alegre, apresentada por Cesar Paz, do movimento Porto Alegre Inquieta. Os principais pilares que balizaram a criação da marca são construção coletiva, a ideia da quádrupla hélice (união de governo, universidades, empresas e sociedade organizada), transparência, criatividade e inovação. As letras O e R da palavra Porto foram substituídas por A e C, formando Pacto Alegre e reforçando a ideia ação e criatividade.

No evento, houve a assinatura do Termo de Fomento entre a Aliança e o Badesul, que estabelece a parceria institucional e financeira para o desenvolvimento das atividades do Pacto. Também são apoiadores o Grupo RBS, o Sicredi e o Agibank. Houve ainda a assinatura do Contrato de Prestação de Serviços especializados de apoio e consultoria de Josep Piquè, que atuará como mentor e facilitador do Pacto Alegre, contribuindo com sua experiência na transformação de cidades como Barcelona e Medellín. Em sua fala, Piquè destacou que Porto Alegre inova na forma de fazer inovação: “pela primeira vez, três universidades lideram a mobilização dos demais agentes. Esse fato mostra o compromisso de longo prazo que estão assumindo”.

O prefeito, Nelson Marchezan também destacou a iniciativa das universidades: “agradeço a grandeza dos reitores da UFRGS, PUCRS e Unisinos que cederam equipes qualificadas e espaços para que se pudesse iniciar esta construção coletiva”, disse. Marchezan também ressaltou o “respaldo extraordinário do mundo acadêmico para que se possa enfrentar desafios e mudar a vida de 1,5 milhão de porto-alegrenses”.

[Aliança para inovação Porto Alegre Crédito: Gustavo Diehl

O pró-reitor Acadêmico e de Relações Internacionais da Unisinos, Alsones Balestrin disse que os desafios de Porto Alegre são grandes, mas que “quanto maior o desafio, maior são as possibilidades de se trabalhar coletivamente”. A necessidade de trabalhar em conjunto também foi abordada pelo reitor da PUCRS, Evilázio Teixeira. Segundo ele, somando-se visão, convicção e atuação coletiva é possível mudar Porto Alegre. Para isso, destacou o reitor, é preciso “interagir com a sociedade e tecer uma rede em que cada nó contribua com a sua individualidade”. O reitor da UFRGS, Rui Vicente Oppermann saudou a formalização do Pacto afirmando que são com iniciativas desse tipo que a universidade cumpre com sua missão. Oppermann concluiu chamando todos os presentes a fazer parte do Pacto: “sintam-se chamados a trabalhar, porque esse é um trabalho a ser feito por várias mãos”.

Participaram também da cerimônia, autoridades municipais e estaduais e o governador eleito Eduardo Leite, representantes das empresas apoiadoras, além do superintendente de Inovação da PUCRS Jorge Audy, do coordenador da Aliança para Inovação e pró-reitor de Pesquisa da UFRGS Luis da Cunha Lamb e do Coordenador do Pacto Alegre e diretor da Escola de Engenharia da UFRGS Luiz Carlos Pinto da Silva Filho.