Alunos participaram de Warm Up do programa Moving the Cities

Em uma ação da Aliança para Inovação, participaram alunos da UFRGS, PUCRS, Unisinos e UFSCAR para desenvolver soluções para as cidades

JÚLIA AGUIAR - TECNOPUC

Na quarta-feira, 11/11, estudantes da UFRGS, PUCRS, Unisinos e UFSCAR participaram de um Warm Up do programa Moving the Cities 2020, iniciativa idealizada pela Unisinos em parceria com o UAS7 e a FH-Münster para promover o desenvolvimento de soluções através da cooperação internacional e intercultural entre ciência, empreendedorismo, inovação, tecnologia e sociedade. O programa ocorre do dia 20 a 29 de novembro, de forma totalmente virtual. Essa ação está em pleno acordo com o contexto da Aliança para Inovação para potencializar iniciativas de alto impacto em prol do avanço do ecossistema de inovação e do desenvolvimento. O Moving the Cities conta com apoio das três Universidades e seus parques tecnológicos, Zenit/UFRGS, Tecnosinos/Unisinos e Tecnopuc/PUCRS.

Crédito: Divulgação

Os participantes das instituições se apresentaram com o desafio de falar uma palavra que representasse seu momento. Coragem, organização, tecnologia, conexão, protagonismo e curiosidade foram algumas que apareceram, e que representam muito o contexto do programa.

Luiz Carlos, coordenador do Pacto Alegre, explica: “Estamos nesse programa como Aliança, e não como 3 Universidades. Estamos no século da colaboração, da convergência. E Porto Alegre e o Rio Grande do Sul estão vivendo um movimento muito importante nessa lógica. Estamos caminhando para estarmos sincronizados e fazermos melhor juntos. Trabalhar em um time internacional, com línguas e culturas diferentes, é uma super experiência. Somos todos Aliança”.

Tatiana Rocha, da Unisinos e coordenadora do evento, contou mais sobre o Moving the Cities e os desafios dos alunos durante o evento. “Com o digital, conseguimos expandir ainda mais. Esse ano, além de Brasil, Chile e Alemanha, teremos Colômbia, Estados Unidos e Inglaterra! Cada vez mais precisamos estar trabalhando de forma global. Queremos que vocês abracem esse desafio. Na próxima sexta-feira, 13, teremos um Warm Up com os participantes de todos os países, e na semana que vem poderão assistir webinars sobre design thinking, canvas, pitch, para depois aplicarem na semana do evento”, explicou Tatiana.

Fernando Lemos, Agente de Inovação da Escola Politécnica da PUCRS, iniciou a conversa explicando que as 3 Universidades estão realizando um trabalho intenso para que os alunos desenvolvam habilidades e competências que complementem a formação acadêmica. “O foco é o desenvolvimento de competências em inovação e empreendedorismo, com desafios na área da saúde, mobilidade, educação e muitas outras. São oportunidades para aprender entre vocês, da equipe Brasil, mas principalmente aprender com colegas de outros países. Aproveitem muito!”, disse Lemos.

Nesta sexta-feira, 13/11, eles participaram de outro Warm Up, desta vez com estudantes de todos os países participantes.

Mais sobre o Moving the Cities

Para o desenvolvimento dos projetos, são propostos desafios no contexto do desenvolvimento regional e do desenvolvimento pessoal de jovens talentos, para que os estudantes participantes, a partir de times multidisciplinares e internacionais, desenvolvam soluções para os diferentes temas postos em pauta. Durante sua realização, os times recebem mentorias sobre modelagem de negócios, inovação, mercado e tecnologia de profissionais da Alemanha, do Brasil, Chile, Estados Unidos, Inglaterra e Colômbia.