SAP promove maratona pela inovação social

Objetivo é buscar soluções tecnológicas para demandas de São Leopoldo

PÂMELA OLIVEIRA
02 de Outubro de 2015 - 13:56 | Atualizado: 02 de Outubro de 2015 - 17:36

Como lidar com filas no sistema de saúde? O que fazer para que a iluminação pública seja eficiente? De que forma promover a cidadania entre os jovens? Questões como essas desafiam os participantes da Innomarathon 2015, uma competição promovida pela SAP Labs Latin America para o desenvolvimento da inovação social. A iniciativa conta com a participação de funcionários da empresa, estudantes universitários e de Ensino Médio e secretarias de São Leopoldo, tendo como propósito a busca por soluções tecnológicas para as demandas do município.

[TEXTO ALTERNATIVO DA IMAGEM

A abertura da Innomarathon aconteceu na quinta-feira, 01 de outubro. Na ocasião, o presidente da SAP Labs Latin America, Dennison John, recebeu os competidores e demais interessados com um discurso em português, no qual apresentou a empresa e enfatizou os quatro pilares da Responsabilidade Social Corporativa: sustentabilidade; educação; mudança; crescimento econômico e empreendedorismo. “Queremos ajudar a sociedade a funcionar melhor e, assim, melhorar a vida das pessoas”, destacou.

[TEXTO ALTERNATIVO DA IMAGEM

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico de São Leopoldo, Mário Rosito, falou sobre o envolvimento das secretarias no projeto, ressaltando a importância de ações como essa, que “saem do tradicional feijão com arroz e trazem resultados maiores ao município”. O prefeito, Aníbal Moacir da Silva, acrescentou que espera “soluções práticas e factíveis, dentro da realidade”.

[TEXTO ALTERNATIVO DA IMAGEM

A Innomarathon contempla quatro grandes áreas: saúde; educação; segurança pública; infraestrutura. Cada uma delas é representada por uma equipe, que conta com membros da SAP – coach, gerente e funcionários –, alunos do Colégio Sinodal e da Unisinos. Durante a competição, a infraestrutura do Labs fica à disposição dos participantes.

A maratona segue até o final do mês e é dividida em etapas. Até o dia 16, os times preparam uma primeira entrega. Depois disso, vão a campo e fazem os ajustes finais, para garantir que as ideias sejam aplicáveis. O processo culmina na apresentação de protótipos no dia 30 de outubro. Ganha aquele que for mais inovador.