Pós-doutorado na Alemanha

Professor Luiz Gonzaga Júnior inicia atividade em fevereiro de 2017

MICHELLI MACHADO
10 de Janeiro de 2017 - 09:37 | Atualizado: 10 de Janeiro de 2017 - 10:56

Na próxima semana, o professor Luiz Gonzaga Júnior, do Programa de Pós-Graduação em Computação Aplicada, embarca para a Alemanha. A viagem se deve ao pós-doc, que o docente iniciará no começo do mês de fevereiro.

[TEXTO ALTERNATIVO DA IMAGEM

A parceria entre a Unisinos e a FAU – Friedrich-Alexander Universität, já vem de algum tempo e o professor Cristiano André Costa foi o primeiro representante da Unisinos a ir para a cidade de Erlangen, em solo alemão. “É extremamente estratégica essa parceria, que une tecnologia e saúde. A inflexão tecnológica está no DNA das duas instituições, assim como a pesquisa aplicada e a relação com o mercado”, pondera Cristiano, ao falar da aproximação entre as universidades que, segundo ele, têm um perfil parecido.

Esse ano, quem estará na Alemanha pesquisando sobre tecnologia e saúde será Luiz. O tema de projeto do professor são as salas cirúrgicas híbridas, que contam com mais equipamentos de imagem, facilitando o diagnóstico e reunindo uma equipe multidisciplinar. “A sinergia entre as instituições é muito boa para quem é pesquisador, o que serve como diferencial para os estudos e para ampliar horizontes”, declara.

Segundo o professor, a área que o laboratório da FAU trabalha é a mesma que ele estuda no Brasil, com a diferença do enfoque para parte médica. “O conhecimento trazido por este estudo poderá ser usado não só pela área tecnológica, como também pelo curso de Medicina da Universidade”, finaliza Luiz.