Mobilidade urbana do futuro exige inovação

DA REDAÇÃO
20 de Outubro de 2015 - 16:47 | Atualizado: 10 de Dezembro de 2015 - 13:37

Em 2050, serão 2,5 bilhões de carros nas ruas das cidades, o dobro da quantidade que existe hoje. Estima-se que os motoristas passarão cerca de 106 horas por ano em congestionamentos. Para que essa situação seja minimizada, pesquisadores estão trabalhando para encontrar alterativas para o automóvel e outras questões pertinentes. 

[Mobilidade urbana do futuro exige inovação

O planejamento urbano precisa ser repensado considerando as novas realidades de cada localidade. “As cidades precisarão ser mais densas, priorizar transporte coletivo, incentivar transporte não motorizado, ter centros de bairro. Essas mudanças ocorrem a médio e longo prazo”, observa Nívea Opperman, professora da Especialização em Cidades: Gestão Estratégica do Território Urbano. Mas ainda temos chance de fazer certo de primeira: 50% das cidades que existirão daqui 45 anos ainda não existem hoje. 

Descubra novas soluções para o amanhã cursando uma das especializações oferecidas pela Unisinos. Conheça as opções em: unisinos.br/especializacao. Inscreva-se até 8/1/16, matricule-se até 30/1/2016 e receba desconto na primeira parcela do curso.