Graduandos são premiados em congresso internacional

Alunos de Engenharia Civil ganham destaque no Congresso Ibero-Latino-Americano sobre Segurança Contra Incêndio

COMUNICAÇÃO INSTITUCIONAL

Os graduandos de Engenharia Civil, Guilherme Hennemann e Matheus Dilly, foram premiados com 1º e 3º lugar no 4º Congresso Ibero-Latino-Americano sobre Segurança Contra Incêndio, em Recife. Eles apresentaram trabalhos desenvolvidos no itt Performance, intitulados “Avaliação dos guarda corpos ordenadores de fluxo na evacuação da boate Kiss por meio de simulação computacional” e “Análise experimental da influência das placas de gesso acartonado na resistência ao fogo de sistemas de vedação vertical”, respectivamente.

Acompanhados pelo professor Fabrício Bolina, coordenador do curso de Especialização em Segurança Contra Incêndio e Pânico nas Edificações e Áreas de Risco, os alunos participaram do evento, em conjunto a equipe do itt Performance. A universidade foi representada por 15 pessoas, a 2ª maior delegação do CILASCI, somente atrás da delegação local em número de participantes.

[Grupo do itt perfermance no evento Crédito: Arquivo pessoal

O Congresso Ibero-Latino-Americano sobre Segurança contra Incêndio (CILASCI) é um evento técnico-científico internacional que ocorre a cada dois anos, reunindo grandes nomes nacionais e internacionais da área. Neste congresso são debatidos diversos temas pertinentes a área, buscando a sustentabilidade dos empreendimentos, tanto no que se refere ao meio ambiente quanto à preservação da vida, associando fatores econômicos, políticos, sociais e culturais. Guilherme trabalha no itt Performance há dois anos e conta que desde então foi encorajado a trabalhar com simulações computacionais da dinâmica do incêndio e do abandono das edificações. A partir disso, Guilherme notou que não havia trabalhos publicados sobre o incêndio na Boate Kiss, a maior tragédia da história do Rio Grande do Sul. “Decidimos estudar o assunto, principalmente no que se refere ao abandono da edificação, pois a mídia divulgou amplamente a dificuldade para sair da casa noturna”, conta.

Sobre a premiação, Guilherme diz que “a sensação foi de satisfação extrema, pois não estava esperando receber esse reconhecimento. Foram apresentados 65 trabalhos no congresso por Mestres e Doutores, especialistas na área. Eu, como aluno de graduação, fiquei muito feliz com o resultado, pois me incentiva a continuar estudando a Segurança Contra Incêndio”.

Já conhece o curso de Engenharia Civil? Clique aqui e veja mais.