Encontro dos Neabis

Evento aconteceu na tarde dessa segunda-feira, 23 de outubro, no Campus São Leopoldo

MICHELLI MACHADO

Na tarde dessa segunda-feira, 23 de outubro, a Sala Ignácio Ellacuría, no Campus São Leopoldo, foi palco do encontro dos Núcleos de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas – Neabis. Na ocasião, o grupo debateu sobre as atividades do próximo Cope Sul, com data marcada para 2019. 

[Representantes dos Neabis reunidos Crédito: Rodrigo W. Blum

Durante o encontro, aconteceu um momento de reflexão em que a trajetória do Neabi Unisinos foi apresentada aos presentes. “O Neabi existe para que possamos caminhar de cabeça erguida, como deveriam ter caminhado nossos antepassados, desde que chegaram ao Brasil”, destacou o professor Jorge Teixeira, integrante do grupo.

A professora Adevanir Pinheiro, coordenadora do Neabi, falou como o projeto surgiu na Unisinos. “Partimos do grupo de Diálogo Interreligioso e hoje estamos aqui. Nós fomos buscando pessoas que pudessem fazer esse tema crescer na Universidade”, lembrou Adevanir e complementou: “Não foi fácil”.

O Encontro dos Neabis está em sua terceira edição e, pela primeira vez, teve a Unisinos como sede. O evento tem o objetivo de unir os Núcleos de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas, de diversas universidades, para troca de experiências.