• O campus da Unisinos São Leopoldo envolve 90 hectares, composto por arroios, lagos e áreas verdes
    Meio ambiente

    O campus da Unisinos São Leopoldo envolve 90 hectares, composto por arroios, lagos e áreas verdes

  • A Unisinos busca agregar natureza, ciência e tecnologia através de espaços de inovação, pesquisa, ensino e entretenimento.
    Infraestrutura

    A Unisinos busca agregar natureza, ciência e tecnologia através de espaços de inovação, pesquisa, ensino e entretenimento.

  • A Universidade já diplomou cerca de 72 mil estudantes, oferecendo a seus alunos um ambiente de ensino, pesquisa e inovação.
    Unisinos

    A Universidade já diplomou cerca de 72 mil estudantes, oferecendo a seus alunos um ambiente de ensino, pesquisa e inovação.

Programa de Permanência de Alunos com Deficiência na Unisinos

A Unisinos desenvolve uma política para o atendimento de alunos com deficiência através da Comissão Responsável pelo Programa de Acesso e Permanência de Alunos com Deficiência na Universidade, criada em 1999. O grande objetivo é discutir, elaborar, acompanhar e avaliar as ações e projetos referentes às questões que envolvem o aluno com necessidades especiais. O Plano de Adequação do Espaço Físico para Portador de Deficiências foi elaborado pela Comissão, com fundamento no Decreto Nº 3.298, de 20 de dezembro de 1999.

Entre as principais atividades, destacam-se:

O suporte pedagógico ao professor, se necessário, no trato com o aluno com deficiência;

Reestruturação do ambiente já existente, facilitando o acesso de pessoas com deficiência;

Organizar cursos de capacitação dirigidos a professores e funcionários relacionados às questões teórico-práticas que dizem respeito à deficiência; Adquirir novos equipamentos e recursos necessários;

Estimular e envolver a questão da deficiência frente à comunidade acadêmica (corpo discente, docente e administrativo) e frente a projetos de pesquisa, cursos de extensão, entre outros que surgirem;

Criar e atualizar um cadastro que comporte o quadro de alunos da Graduação, Pós-graduação e Unilínguas com deficiência;

Estimular projetos de pesquisa e extensão que tratem da temática; Assegurar novas instalações.

Laboratório Adaptado de Informática (LAI)

O Laboratório Adaptado de Informática (LAI), vinculado ao Serviço de Atenção ao Acadêmico (SAAc), é um espaço especial de convivência para alunos com deficiência visual, que possibilita o acesso à informação (Braille ou computador adaptado). A sala conta com computadores com softwares especializados (sintetizadores de voz e ampliadores de tela), impressora Braille, circuito fechado de televisão com capacidade de ampliação de até 30 vezes, dois scanners com programas especializados de transcrição de texto, além de todo um trabalho de apoio realizado por monitores. O acesso ao LAI é feito através da Sala Pública de Informática, que encontra-se na Galeria Cultural da Biblioteca. Para mais informações, entre em contato através do lab-lai@unisinos.br.

Participação no Vestibular

O SAAc faz contato com o candidato que possui algum tipo de deficiência através do preenchimento dos formulários via Coordenação Geral do Vestibular. O candidato tem à disposição salas especiais oferecidas no período do Vestibular. No processo seletivo também são disponibilizados serviços importantes, como facilidade no acesso das salas de aula, professor ledor, provas ampliadas e prorrogação do tempo para o término da prova.

Acessibilidade Digital

A Unisinos reconhece que a inclusão vai além da ocupação dos espaços físicos e se preocupa em assegurar à comunidade acadêmica plenas condições de acesso e permanência, seja no contexto presencial, seja no contexto a distância. Essa preocupação se manifesta e se comprova através de inúmeros investimentos realizados para garantir a acessibilidade em todas as instâncias.

A garantia da acessibilidade digital passa a ser, assim, mais um resultado desses investimentos, pois é vista como mais uma forma de assegurar a inclusão. Busca-se, assim, garantir o que a Universidade entende por “proporcionar oportunidades e espaços de participação e aprendizagem profissional qualificada à comunidade acadêmica” (UNISINOS, 2008, p. 2). 

Nesse contexto, a partir de estudos e pesquisas, a Unisinos passou a adotar como critério para a produção de suas comunidades no Moodle o atendimento às Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo Web (WCAG/W3C), garantindo o acesso universal a seus conteúdos, com ou sem uso de tecnologias assistivas.

Unisinos. Proposta de Política e de Diretrizes para a Inclusão de Pessoas com deficiências na Unisinos. 2008/2012.

Contratação

A contratação de pessoas com deficiência atende ao compromisso assumido pela universidade em ser agente de integração e socialização. Esse processo também atende aos requisitos da legislação brasileira, sendo guiado pelos seguintes procedimentos:

Definição prévia de possíveis cargos que podem ser ocupados pelas pessoas com deficiência e análise dos postos de trabalho no sentido de adequação dos espaços físicos e garantia de acessibilidade;

Avaliação da Medicina e Segurança no Trabalho;

Parcerias com Sine (Sistema Nacional de Emprego), Acadef (Associação Canoense de Deficientes Físicos) e Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Sapucaia do Sul;

Adaptação da avaliação psicológica no processo de seleção de funcionários;

Mapeamento de reabilitados e pessoas com deficiência existentes no quadro funcional (em casos temporários e acidentados, por exemplo).

 


»Política de privacidade Unisinos
Jesuítas Brasil Unisinos - Somos infinitas possibilidades