Acessibilidade

A Unisinos possui uma política de inclusão de pessoas com deficiência, que promove a formação integral e a capacitação ao exercício profissional.

Inclusão

A Unisinos desenvolve sua política de atendimento, acessibilidade e permanência de alunos com necessidades educativas especiais a fim de assegurar às pessoas com deficiência as condições básicas de acesso ao ensino superior e o cumprimento da legislação brasileira.

A existência de uma política de inclusão das pessoas com deficiência faz parte da própria missão da universidade, que é a de promover a formação integral da pessoa humana e sua capacitação ao exercício profissional, incentivando o aprendizado contínuo e a atuação solidária.

Para garantir que a estrutura da universidade esteja de acordo com a política de acessibilidade pensada para os alunos, existe um comitê chamado Sistema de Gestão Ergonômica. O comitê é formado por uma equipe multidisciplinar que busca, através da intervenção ergonômica, melhorias nas condições de vida das pessoas com deficiência dentro do campus, promovendo o conforto e o bem-estar de todos os públicos da Unisinos. A equipe é responsável pela definição de novos processos, acessibilidade, alteração de processos existentes, compra de equipamentos, especificação de mobiliários e sugestão de layout.




Alunos e Futuros Alunos

Proporcionar as mesmas oportunidades para todas as pessoas. É com este pensamento que a Unisinos desenvolve uma política especial para o atendimento de alunos com deficiência, discutindo e elaborando ações e projetos que envolvam o estudante com necessidades especiais. O grande objetivo da universidade é melhorar cada vez mais a rotina acadêmica destes alunos através de materiais e espaços adaptados. Conheça as ações desenvolvidas para alunos e futuros alunos com deficiência.

» Saiba mais

 

Acesso Garantido

Por meio de uma comissão de acessibilidade formada em 1999 para avaliar as condições de acesso no campus, foi feito um estudo com o objetivo de mapear e eliminar as barreiras arquitetônicas e ergonômicas. Este estudo foi repassado para a reitoria e as adaptações foram e continuam sendo realizadas, melhorando cada vez mais as condições da universidade em relação às necessidades da pessoa com deficiência.

O Serviço de Atenção ao Acadêmico (SAAc), manteve ativa a proposta inicial de criação de um grupo de trabalho para tratar dos assuntos referentes à acessibilidade e à permanência no campus das pessoas com deficiência. Esse grupo foi composto por funcionários de diferentes setores, que se reuniram para planejar, avaliar e propor ações. Desse trabalho conjunto surgiu a proposta de elaboração de um documento que estabelecesse políticas da universidade para alunos, funcionários e professores. Dessa maneira, foi possível reunir as iniciativas, antes dispersas, dos diversos setores administrativos e acadêmicos da Unisinos, valorizando as ações da universidade perante a sociedade e o Estado.

Ações Desenvolvidas

  • Estacionamentos exclusivos
  • Rampas de acesso
  • Sanitários apropriados
  • Elevadores
  • Degraus móveis de acesso às salas de aula
  • Cadeiras e mesas em salas de aula
  • Laboratório adaptado de Informática - LAI para deficientes Visuais
  • Tradutor Intérprete para alunos com Deficiência Auditiva

 

Contratação

A contratação de pessoas com deficiência atende ao compromisso assumido pela universidade em ser um agente de integração e socialização. Esse processo também atende aos requisitos da legislação brasileira, sendo guiado pelos seguintes procedimentos:

Definição prévia de possíveis cargos que podem ser ocupados pelas pessoas com deficiência e análise dos postos de trabalho no sentido de adequação dos espaços físicos e garantia de acessibilidade;

Avaliação da Medicina e Segurança no Trabalho;

Parcerias com Sine (Sistema Nacional de Emprego), Acadef (Associação Canoense de Deficientes Físicos) e Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Sapucaia do Sul;

Adaptação da avaliação psicológica no processo de seleção de funcionários;

Mapeamento de reabilitados e pessoas com deficiência existentes no quadro funcional (em casos temporários e acidentados, por exemplo).


»Política de privacidade Unisinos
Jesuítas Brasil Unisinos - Somos infinitas possibilidades