Fique Sabendo

Selecione:
Curso
  • :: Da Escola
  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Biologia
  • Ciência da Computação
  • Computação Aplicada
  • Engenharia Ambiental
  • Engenharia Cartográfica e de Agrimensura
  • Engenharia Civil
  • Engenharia da Computação
  • Engenharia de Alimentos
  • Engenharia de Controle e Automação
  • Engenharia de Energia
  • Engenharia de Materiais
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia de Produção e Sistemas
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Eletrônica
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia Química
  • Física
  • Geologia
  • Gestão Ambiental
  • Gestão da Produção Industrial
  • Gestão da Tecnologia da Informação
  • itt Performance
  • Jogos Digitais
  • Matemática
  • Segurança da Informação
  • Sistemas de Informação
Nível
Biologia da Unisinos é cinco estrelas no Guia do Estudante Abril

Aulas na rua 04-1A Unisinos teve uma excelente avaliação no Guia do Estudante, da Editora Abril. De 28 cursos de graduação, oito deles receberam a classificação máxima do guia: 5 estrelas.

O Guia do Estudante é uma pesquisa de opinião feita com professores e coordenadores de curso. Eles emitem conceitos que permitem classificar os cursos em bons (três estrelas), muito bons (quatro estrelas) e excelentes (cinco estrelas).

“É importante ver esse salto de qualidade que anualmente a Unisinos registra, ao ter todos os seus cursos avaliados com notas 4 ou 5. O resultado aponta que, assim como conquistamos o reconhecimento acadêmico nas avaliações do MEC, também temos a certificação do mercado, por meio do Guia do Estudante”, destaca o diretor da Unidade Acadêmica de Graduação, Gustavo Borba.

A tradição de um curso cinco estrelas

Biologia iniciou com o nome História Natural. Hoje, o curso de Ciências Biológicas – Licenciatura e Bacharelado comemora a ótima classificação no Guia do Estudante, com cinco estrelas. Para a coordenadora, Maria Emília de Paula Lucchese, o curso está fundamentado em uma profunda tradição, comemorando 57 anos de história.

“Nesse tempo foram formados profissionais que atuam no mundo inteiro. Muitos têm se destacado, principalmente na área ambiental. São professores, pesquisadores e biólogos que atuam nas áreas da educação, pesquisa, empresas de consultoria, biotecnologia, órgãos governamentais como secretarias de meio ambiente e da educação, hospitais, ongs, etc”, comenta Maria.

O curso é formado por professores que atuam na pesquisa e na ação comunitária, conta com laboratórios muito bem equipados que propiciam a realização de atividades práticas frequentes ao longo do curso. Um dos diferenciais são as saídas de campo para realização de aulas prática junto ao ambiente natural e antropormofizado.

“Os acadêmicos têm acesso aos laboratórios de pesquisa onde podem atuar nas práticas de pesquisa ou como bolsistas de iniciação científica. Também temos incríveis oportunidades como o PIBID e o PLI. Ou seja, existem oportunidades para bolsas de iniciação à docência (PIBID) e para estudar no exterior como o Programa Licenciaturas Internacionais e outros programas de mobilidade estudantil. Entre os projetos de pesquisa pode ser destacado o Projeto Antártica, tendo sido a Unisinos pioneira neste projeto. Assim, alunos da graduação podem participar de atividades no continente gelado”, comemora.

Texto: Carolina Schaefer
Foto: Rodrigo Blum

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deixe um comentário
O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *