Fique Sabendo

Selecione:
Curso
  • :: Da Escola
  • Administração
  • Administração - Comércio Exterior
  • Administração - Gestão para Inovação e Liderança
  • Ciências Contábeis
  • Ciências Econômicas
  • Comércio Exterior
  • Economia
  • Gestão Comercial
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Gestão e Negócios
  • Gestão Financeira
  • Logística
  • Mestrado Profissional em Gestão e Negócios
  • PADE
  • Processos Gerenciais
  • Relações Internacionais
Nível
Ciclo de estudos ocorre na Unisinos

Ciclo de estudos sobre o livro “O Capital no século XXI” do autor e economista Thomas Piketty, ocorre este mês e vai até outubro. O local de todas as conferências será na sala Ignacio Ellacuría e Companheiros, no Instituto Humanitas Unisinos (IHU). A primeira atração será no dia 31 de agosto (segunda-feira), com a conferência – Um panorama das principais ideias do livro “O Capital no Século XXI”, das 19h30min às 22h. O conferencista é o pesquisador da Fundação de Economia e Estatística (FEE) e professor do curso de Economia da Unisinos, Róber Iturriet Avila.

O livro foi escrito pelo economista francês Thomas Piketty, no qual faz análise sobre o capitalismo e riqueza financeira ou material. Entre os objetivos do evento estão: argumentar sobre a desigualdade brasileira através dos assuntos relatados no livro, discutir os conceitos econômicos, relacionando a realidade atual do Brasil, debater a importância que as heranças apresentam na desigualdade do Brasil, entre outros.

De acordo com o professor Avila, o referido livro obteve uma repercussão mundial significativa no meio acadêmico, político e na sociedade. Dessa maneira, suas expectativas para o evento são muito positivas.

Quando o assunto é sobre a importância do debate sobre distribuição de renda e riqueza, Avila afirma que a economia, a sociedade e a política conformam variáveis complexas e que estão interconectadas. “Qualquer estudo que traga luz a um tema relativo à sociedade é bem-vindo. Esse em particular traz a reflexão subjacente sobre um dos pilares de nossa organização social: a distribuição. É uma discussão candente, sujeita a diversas interpretações, mas tem sob pano de fundo os pactos sociais que nos unem ou nos afastam enquanto tecido social”, salienta.

Além de efetuar um resumo sobre o livro do Piketty, o professor relata que trará alguns dados concernentes ao Brasil, particularmente a partir de 1995. “Serão expostos dados de distribuição de renda, assim como apresentados alguns dados de riqueza que foram disponibilizados pela Receita Federal do Brasil recentemente. Paralelamente, abordarei a estruturação tributária brasileira em um comparativo internacional”, disse.

Professores, estudantes universitários e demais interessados podem participar. O aluno que comparecer até o local deve pedir o certificado de frequência no Atendimento Unisinos, após 15 dias depois do término do acontecimento. O valor da taxa é de R$ 9,00. É necessário assinar a ata para confirmar presença.

Para ver a programação completa, acesse o site e clique aqui para realizar a inscrição.

Sobre renda e riqueza no Brasil

Na opinião do professor Róber, o que pode ser afirmado de maneira objetiva é que a elevação real do salário mínimo, a formalização de empregos e o incremento de políticas de caráter assistencial melhoraram a distribuição de renda no Brasil nos últimos anos. Para ele, a estruturação tributária brasileira favorece a concentração na medida em que os impostos sobre bens e serviços perfazem a maior parte da arrecadação. Já os impostos sobre renda e patrimônio possuem uma participação menor, sobretudo esse último. Uma alteração tributária que aumentasse a progressividade, ou seja, que cobrasse mais impostos daqueles que podem pagar mais, como é nos países desenvolvidos, teria uma capacidade de efetuar uma mudança não desprezível em um espaço de tempo relativamente curto.

 

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deixe um comentário
O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *