Fique Sabendo

Selecione:
Curso
  • :: Da Escola
  • Comunicação
  • Comunicação Digital
  • Design
  • Design de Produto
  • Fotografia
  • Gastronomia
  • Jornalismo
  • Letras
  • Linguística Aplicada
  • Moda
  • Produção Fonográfica
  • Publicidade e Propaganda
  • Realização Audiovisual
  • Relações Públicas
Nível
Intolerância na web entra em discussão no campus São Leopoldo

A Agexcom promoverá no dia 14 de setembro, às 20h, no Anfiteatro Pe. Werner, o evento “O que aprendi sendo xingado na internet”. A iniciativa do Comunicação em debate trará o jornalista e doutor em Ciências Políticas Leonardo Sakamoto, autor do livro homônimo. A obra é um manifesto à liberdade de opinião e expressão na rede, contra o ódio e a favor da tolerância na internet.

Na oportunidade, o professor comentará sobre suas experiências pessoais e profissionais como figura pública na web. Diretor da ONG Repórter Brasil, uma organização não-governamental especializada em comunicação e projetos sociais, ele é seguido por uma legião de leitores que acessam diariamente o “Blog do Sakamoto”, no qual o professor compartilha textos e reflexões sobre direitos humanos e política. Sakamoto atua também como conselheiro do Fundo das Nações Unidas para Formas Contemporâneas de Escravidão.

A palestra integra uma série de ações promovidas pela Agexcom que nasceu no Colóquio das Agências Experimentais de Comunicação, realizado este ano na Unisinos Porto Alegre. Na ocasião, os professores e coordenadores lançaram o desafio de criar um trabalho entre as agências do estado pautando o tema violência. Cada agência escolheu um viés para propor diferentes trabalhos, a serem reunidos em uma só plataforma digital que será lançada em dezembro deste ano, mês que marca a Declaração Universal dos Direitos Humanos.

A Agexcom optou pelo tema intolerância na internet. A proposta foi inspirada no TED Talk feito por Monica Lewinsky, que teve um envolvimento polêmico com o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton. Na época, Monica sofreu vários ataques e vem denominando esse movimento de diminuição de grupos ou pessoas na internet como “a cultura da humilhação”.

Atualmente, a intolerância na internet é algo comum e preocupante, presente nas redes sociais, assim como entre amigos e até no trabalho. Por isso, com o propósito de conscientizar e criar questionamentos sobre o tema, a campanha promovida pela Agexcom vai além da palestra com Sakamoto. Nos sanitários da universidade estão sendo colocados cartazes com insultos reais, vindos da web, provocando a interação e reflexão dos alunos nestes espaços privados.

Sobre o palestrante:

Leonardo Sakamoto cobriu conflitos armados em diversos países e situações de desrespeito aos direitos humanos no Brasil. É professor de Jornalismo na PUC-SP, foi pesquisador visitante do Departamento de Política da New School, em Nova York (2015-2016), e professor de Jornalismo na ECA-USP (2000-2002).

Diretor da ONG Repórter Brasil, uma organização não-governamental especializada em comunicação e projetos sociais, é seguido por uma legião de leitores que acessam diariamente seu blog “Blog do Sakamoto”.

Com mais de 500 mil seguidores no Facebook, o jornalista aprendeu a lidar com os comentários dos internautas, que muitas vezes carregam insultos impublicáveis, de forma pacífica e elegante. Tamanho aprendizado, lhe proporcionou a oportunidade de escrever um livro que pode ser considerado também um guia de sobrevivência nas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Deixe um comentário
O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *